PÚRPURA DE HENOCH-SCHONLEIN – O ENVOLVIMENTO RENAL PRECOCE

  • Inês Medeiros
  • Carmo Ferreira
  • Fábia Carvalho
  • Catarina Faria
  • Manuela Alves
  • Helena Silva

Abstract

Introdução: A Púrpura de Henoch-Schonlein (PHS) é a vas- culite sistémica mais comum em idade pediátrica, caracterizada pela tétrade clássica de púrpura palpável (sem trombocitopenia ou coagulopatia), dor abdominal, atingimento articular e renal. O envolvimento renal surge geralmente nos primeiros dois meses após o aparecimento da púrpura, sendo o principal determinante prognóstico a longo prazo.

Caso Clínico: Criança do sexo feminino, previamente sau- dável, com diagnóstico de PHS aos 9 anos. Quadro inicial caracterizado por rash purpúrico e artralgias, sem atingimento renal, após episódio de nasofaringite febril. No terceiro dia de doença iniciou dor abdominal e no sétimo dia apresentou hemoproteinúria transitória, que progrediu para va- lores nefróticos (2.58g/24h – 136mg/m2/h), com evolução para síndrome nefrótica (hipoalbuminemia, dislipidémia e proteinúria nefrótica) no décimo quinto dia de doença. Sem atingimento da função renal e sem hipertensão arterial. Do estudo etiológico efetuado, imunologia com ANA e Anti-DsDNA negativos, complementos e doseamento de imunoglobulinas normais; ecografia renal sem alterações. Iniciou corticoterapia em regime de internamento, com reversão parcial da proteinúria, pelo que se optou pela continuação de terapêutica em ambulatório. Durante a redução do corticoide e em associação com abcesso dentário, verificou-se aparecimento de hematúria macroscópica e recidiva de síndrome nefrótica, com necessidade de aumento da dose de corticoterapia. Biópsia renal com depósitos mesangio-proliferativos compatíveis com nefropatia de IgA/PHS.

Comentários: O caso descrito ilustra um acometimento renal precoce e pouco frequente na PHS, de acordo com o descrito na literatura. A presença de proteinúria nefrótica e de síndrome nefrótica, secundárias à PHS, está associada a um prognóstico menos favorável, pelo que se ressalva a importância do seguimento a longo prazo.

Published
2016-07-07
How to Cite
Medeiros, I., Ferreira, C., Carvalho, F., Faria, C., Alves, M., & Silva, H. (2016). PÚRPURA DE HENOCH-SCHONLEIN – O ENVOLVIMENTO RENAL PRECOCE. NASCER E CRESCER - BIRTH AND GROWTH MEDICAL JOURNAL, 24, S28. https://doi.org/10.25753/BirthGrowthMJ.v24.i0.9636

Most read articles by the same author(s)

1 2 > >>