Enfermagem de reabilitação na equipa coordenadora local

desafios para além do cuidar

Autores

  • Maria da Anunciação Silva Cardoso Jaime Enfermeira Especialista em Enfermagem de Reabilitação, Mestre em Gestão e Administração de Serviços de Saúde na Equipa Coordenadora Local- RNCCI, ACES Sintra, ARSLVT https://orcid.org/0000-0001-6612-6106
  • Mariana Gouveia Carvalho Costa Enfermeira Especialista em Enfermagem de Reabilitação, Pós-Graduada em Gestão e Liderança de Serviços de Saúde na Equipa Coordenadora Local- RNCCI, ACES Sintra, ARSLVT https://orcid.org/0000-0001-5055-1722

DOI:

https://doi.org/10.48492/servir0201.24733

Palavras-chave:

Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Reabilitação, Equipa Coordenadora Local, Reabilitação

Resumo

Introdução: A evolução da Enfermagem, enquanto ciência dotada de conhecimentos próprios, assume uma maior importância e exigência técnica e científica, para a qual contribuiu as diversas áreas de especialização. Neste sentido, a Enfermagem de Reabilitação tem evidenciado contributos em diversas áreas deintervenção.

Objetivo/s: Evidenciar o papel do Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Reabilitação (EEER) integrado na Equipa Coordenadora Local (ECL) da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI).

Métodos: Estudo descritivo, analítico e transversal, com tratamento de dados em Excel, através da análise do número de referenciações à RNCCI, para tipologiaUnidade Média Duração e Reabilitação (UMDR) e Unidade Convalescença (UC), no ano de 2019, que foram canceladas ou alterada a tipologia proposta, apósavaliação multidisciplinar com presença do EEER.

Resultados: De 293 utentes avaliados para UMDR, 14 foram alteradas as tipologias propostas e 6 foram canceladas após avaliação por não se considerar reunir critério/potencial, em termos de reabilitação, para integrar a tipologia proposta. De 272 utentes avaliados para UC, 4 foram alteradas as tipologiaspropostas após avaliação.

Conclusão: Na RNCCI, as ECL asseguram o acompanhamento e a avaliação da Rede a nível local. O EEER tem um papel fundamental no momento de avaliação,contribuindo para que o utente integre a tipologia mais adequada, para uma gestão mais adequada do percurso do utente na RNCCI e início da intervençãomultidisciplinar o mais precoce possível.

Referências

Base de Dados Portugal Contemporâneo. PORDATA. (s/d). Fundação Francisco Manuel dos Santos. https://www.pordata.pt Carlos, R. (2014). Os Cuidados Continuados Integrados na Região de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo. Jornal Médico.

https://www.arslvt.min-saude.pt/pages/391 Declaração de Helsínquia. (1964). Associação Médica Mundial. Princípios Éticos para a Investigação Médica em Seres Humanos. Decreto-Lei n.º 101 do Ministério da Saúde (2006). Cria a Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados. Diário da

República: Série I-A de 2006-06-06, n.º 109.

Direção-Geral da Saúde. (2017). Programa Nacional para as Doenças Oncológicas. Ministério da Saúde. Lisboa. Instituto da Segurança Social, I.P. (2019). Guia Pratico- Rede Nacional de Cuidados Integrados. www.seg-social.pt Instituto Nacional de Estatística (2019). Estatísticas Demográficas 2018. www.ine.pt

Ministério da Saúde. (2018). Retrato da Saúde, Portugal, Serviço Nacional de Saúde

Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico. (2017). State of Health in the EU – Portugal - Perfil de Saúde do País 2017. European Observatory on Health Systems and Policies OECD Publishing. Paris. https://doi. org/10.1787/9789264285385-pt

Portaria N.º 50. (2017). Portaria que procede à segunda alteração à Portaria n.º 174/2014, de 10 de setembro, alterada pela Portaria n.º 289-A/2015, de 17 de setembro. Diário da República: 1.ª Série de 2017-02-02, n.º 24.

Regulamento n.º 140. (2019). Regulamento das Competências Comuns do Enfermeiro Especialista. Ordem dos Enfermeiros. Diário da República: 2.ª Série de 2019-02-06, n.º 26.

Regulamento n.º 392. (2019). Regulamento das Competências Específicas do Enfermeiro Especialista em Enfermagem de Reabilitação. Ordem dos Enfermeiros. Diário da República: Série II de 2019-05-03, n.º 85.

Regulamento n.º 743. (2019). Regulamento da Norma para Cálculo de Dotações Seguras dos Cuidados de Enfermagem.

Ordem dos Enfermeiros. Diário da República: 2.ª Série de 2019-09-25, n.º 184.

Serviço Nacional de Saúde. (2019). Dia Mundial do AVC. 28-10-2019. https://www.sns.gov.pt/noticias/2019/10/28/dia- mundial-do-avc-3/

Silva, J., et al. (2018). Tendências Epidemiológicas das Fraturas do Fémur Proximal na População Idosa em Portugal, Revista Científica da Ordem dos Médicos, Acta Med Port 2018 Oct; 31(10): 562-567. www.actamedicaportuguesa. com https://doi.org/10.20344/amp.10464

Downloads

Publicado

2021-12-30

Edição

Secção

Artigos