Avaliação digital autêntica: questões e desafios

Autores

DOI:

https://doi.org/10.34627/vol4iss2pp22-40

Resumo

A expressão avaliação autêntica em educação tem vindo a ganhar cada vez mais visibilidade ainda que sujeita a diversas interpretações como se constata na literatura. Assinala-se, contudo, que o ponto de partida é a valorização da autenticidade na aprendizagem e a conexão à vida real/profissional. Este artigo explora essas diferentes interpretações evidenciando elementos que as distinguem e exemplificando o uso da  avaliação autêntica em cenários digitais de aprendizagem. A implementação da avaliação autêntica implica definir e desenhar atividades autênticas, o que suscita desafios, em particular, em níveis de educação elementar ou secundário. Neste propósito, apresentamos uma proposta de 5 critérios para avaliar a autenticidade de uma dada atividade: relação com o mundo real, natureza da atividade, complexidade, adequação das condições de realização e adequação da avaliação. Sendo a relação com o mundo real o critério determinante, definimos três graus de autenticidade para aplicação nos diferentes graus de ensino, acompanhado com exemplos ilustrativos. Por fim, procuramos elucidar de que modo a avaliação digital autêntica configura os contextos para o desenvolvimento das competências desejáveis na sociedade atual, incluindo as competências digitais.

Downloads

Publicado

2021-12-15

Edição

Secção

Dossier Temático