Efeitos de um programa educacional de autocuidado de coluna em idosos com dor lombar crônica: um estudo quasi-experimental

  • Julia Catarina Sebba Rios Universidade de Brasília UnB
  • Tailce Kaley Moura Leite Universidade de Brasília UnB
  • Márcio de Moura Pereira
  • Fabiany Calixto Sousa
  • Marisete Peralta Safons

Abstract

O estudo teve por objetivo verificar os efeitos de um programa educacional de autocuidado de coluna, no controle da dor e na incapacidade em idosos ativos com dor lombar crônica (DL) não específica. Os idosos foram divididos em grupo experimental (GE n = 17) e controle (GC n = 13). A intervenção consistiu na entrega de uma cartilha educativa e um workshop. Foram variáveis dependentes: 1. intensidade da dor (EVN), 2. capacidade funcional relacionada à DL (RMQ), 3. quantidade de pontos de dor, 4. uso de medicação para DL e 5. frequência de uso de medicação para DL. Houve avaliação pré e após 1 mês da primeira avaliação. Na avaliação intragrupo foi observada no GE diminuição significativa de todos os parâmetros avaliados (todos p < 0,05) fato não observado no GC. Quanto à análise entre os grupos houve melhora significativa com tamanhos de efeitos moderados a grandes no GE para EVN (p=0.003, TE=0.53), no RMQ (p=0.037, TE=0.38) e nos pontos de dor (p=0.006, TE=0.49). Os resultados demonstraram que a cartilha pode ser uma ferramenta útil, capaz de gerar independência no cuidado e tratamento da DL crônica em idosos ativos.

Published
2015-04-30
Section
Original Article