Autenticidade científica de um teste de agilidade para o voleibol sentado

Elaine Cappellazzo Souto, Leonardo dos Santos Oliveira, Antônio Meira Neto, Márcia Greguol

DOI: https://doi.org/10.6063/motricidade.4061

Abstract


Este estudo investigou a confiabilidade teste e reteste, confiabilidade interavaliador e validade de conteúdo de um Teste de Agilidade para o Voleibol Sentado (TAVS). Oito atletas com deficiência motora (44 ± 12 anos) foram avaliados por 4 examinadores em 2 diferentes ocasiões, percorrendo um trajeto de 6 metros em forma de “T”, na posição sentada e em máxima velocidade. A confiabilidade foi analisada por meio do coeficiente de correlação intraclasse (CCI), do método de Bland-Altman e por testes de comparação não-paramétricos, com 95% de confiança. Para a validação de conteúdo, cinco especialistas analisaram a clareza da descrição e aplicabilidade do teste para a modalidade. Os tempos do teste foram similares entre as duas ocasiões (p= 0.19). A confiabilidade do TAVS foi muito boa, com CCI > 0.90 e baixo erro. O TAVS apresentou alta confiabilidade e a análise da clareza da descrição e aplicabilidade do teste pelos especialistas demonstrou validade de conteúdo, indicando que a proposta é capaz de mensurar a agilidade mediante um protocolo de campo, de baixo custo e de fácil aplicação nos contextos indoor para o voleibol sentado.


Full Text:

PDF (Português)


Journal Motricidade (ISSN 1646-107X, eISSN 2182-2972) is a scientific quarterly publication of Desafio Singular Editions.