Caso Clínico de Edema Pulmonar de Pressão Negativa em Contexto de cirurgia de Ambulatório

  • Catarina Torres Monteiro Interna de Formação Especifica em Anestesiologia
  • Margarida Viana Coelho
  • Luísa Helena Pereira
  • Inês Portela
  • Miguel Jacob
  • Alírio Gouveia
  • Ana Lares
Palavras-chave: Anestesia Geral; Complicações Pós-Operatórias; Edema Pulmonar; Obstrução das Vias Respiratórias; Procedimentos Cirúrgicos Ambulatórios

Resumo

O edema pulmonar de pressão negativa constitui uma complicação incomum mas potencialmente fatal, estando a sua ocorrência mais frequentemente documentada após um esforço inspiratório significativo contra uma obstrução da via aérea superior. Existem inúmeros fatores de risco identificados para a sua ocorrência e o seu reconhecimento é fundamental para que o diagnóstico e tratamento sejam instituídos de modo precoce, com impacto significativo na morbimortalidade que lhe está associada. Este artigo descreve um caso clínico de edema pulmonar de pressão negativa que ocorreu num doente saudável do sexo masculino em contexto de cirurgia eletiva em regime de ambulatório.e ambulatório.

 

 

 

Downloads

Dados de Download não estão ainda disponíveis.

Referências

1. Venkatesh R, Gautam P, Dutta Parus, Bala P. Negative pressure pulmonary edema - a life-threatening condition in an eye care setting: a case report. J Med Case Rep. 2016;10:39. doi: 10.1186/s13256-016-0820-z.
2. Goldenberg JD, Portugal LG, Wenig BL, Weingarten RT. Negative-pressure pulmonary edema in an otolaryngology patient. Otolaryngol Head Neck Surg. 1997; 117:62–6.
3. Guffin TN, Har-el G, Sanders A, Lucente FE, Nash M. Acute postobstructive pulmonary edema. Otolaryngol Head Neck Surg 1995; 112: 235-7.
4. Hobaika AB, Lorentz MN. Laryngospasm. Rev Bras Anestesiol 2009; 59: 487-95.
5. Bisinotto FM, Cardoso Rde P, Abud TM. Acute pulmonary edema associated with obstruction of the airways - case report. Rev Bras Anestesiol. 2008; 58: 2: 165-71.
6. Udeshi A, Cantie SM, Pierre E. Postobstructive pulmonary edema. J Crit Care. 2010; 25: 508.e1-5. doi: 10.1016/j.jcrc.2009.12.014.
7. Fremont RD, Kallet RH, Matthay MA, Ware LB. Postobstructive pulmonary edema: a case for hydrostatic mechanisms. Chest. 2007; 131:1742–6. doi: 10.1378/chest.06-2934.
8. Lemyze M, Mallat J. Understanding negative pressure pulmonary edema. Intensive Care Med 2014; 40:1140–3. doi: 10.1007/s00134-014-3307-7.
9. Bhattacharya M, Kallet RH, Ware LB, Matthay MA. Negative-pressure pulmonary edema. Chest. 2016; 150:927-33. doi: 10.1016/j.chest.2016.03.043.
10. Lee JH, Lee JH, Lee MH, Cho HO, Park SE. Postoperative negative pressure pul-monary edema following repetitive laryngospasm even after reversal of neuromuscu-lar blockade by sugammadex. Korean J Anesthesiol. 2017;70:95-9. doi: 10.4097/kjae.2017.70.1.95.
11. Suzuki M, Inagi T, Kikutani T, Mishima T, Bito H. Negative pressure pulmonary edema after reversing rocuronium-induced neuromuscular blockade by sugammadex. Case Rep Anesthesiol. 2014; 2014: 135032.
12. Sterzik V, Wild V, Weishaupt J, Tatschner T, Babel B, Bohnert M. Fatal visit to the general practitioner. Arch Kriminol. 2016;238:120-7.
Publicado
2019-09-08
Como Citar
Monteiro, C., Coelho, M., Pereira, L., Portela, I., Jacob, M., Gouveia, A., & Lares, A. (2019). Caso Clínico de Edema Pulmonar de Pressão Negativa em Contexto de cirurgia de Ambulatório. Revista Da Sociedade Portuguesa De Anestesiologia, 28(3), 198-201. https://doi.org/10.25751/rspa.18257