Formulário interativo de avaliação pré-anestésica desenvolvido em Portugal

  • Paulo Roberto Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra - Serviço de Anestesiologia. Faculdade de Ciências da Saúde – Universidade da Beira Interior
  • Filipe Pinheiro Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra - Serviço de Anestesiologia.
  • Carla Silva Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra - Serviço de Anestesiologia.
  • Teresa Lapa Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra - Serviço de Anestesiologia.
  • Ana Bernardino Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra - Serviço de Anestesiologia.
  • Joana Cortesão Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra - Serviço de Anestesiologia.
  • Joana Gonçalves Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra - Serviço de Anestesiologia.
  • Messias Lopes Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra - Serviço de Anestesiologia.
  • Edith Tavares Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra - Serviço de Anestesiologia.
Palavras-chave: Algoritmos, Anestesia, Cuidados Pré-Operatórios, Medição de Risco, Processamento Automatizado de Dados, Software

Resumo

A falta de especificidade do software clínico é uma desvantagem para o trabalho do anestesiologista. Frequentemente parâmetros relevantes são descurados e outros menos necessários são excessivamente detalhados o que diminui a adesão às tecnologias. A dispersão da informação por várias plataformas e a caligrafia prejudicam o registo e análise retrospetiva. O custo da aquisição de software comercial limita a informatização dos serviços, em particular na atual conjuntura económica.

Os autores desenvolveram um formulário interativo em Português que automaticamente categoriza a informação numa base de dados.

A plataforma foi criada sem custos para o hospital em MSExcel® e implementada em 2010. Não necessita de instalação e é compatível com os programas existentes nos computadores do hospital piloto.

O formulário de avaliação pré-anestésica inclui questões de escolha múltipla, caixas de texto predefinido e livre. Algoritmos determinam em tempo real o risco de náuseas e vómitos (Apfel), risco cardíaco associado à cirurgia (ESC guidelines) e exames preoperatorios (NICE guidelines). O relatório clínico pode ser digital ou impresso.

Os autores estão convictos que esta plataforma permite uniformizar registos, minimizar omissões, melhorar a gestão de informação e a comunicação com outras especialidades. Contribui como recurso educacional e facilita a recolha de dados estatísticos, o que pode traduzir-se num aumento da qualidade e segurança. Os autores acreditam que o desenvolvimento integral por anestesiologistas, na perspectiva de utilizadores, é uma mais-valia.

A disponibilização gratuita em http://www.anestesia.pt pretende estimular a creatividade e auxiliar na conceção de sistemas digitais adaptados à anestesiologia.

Downloads

Dados de Download não estão ainda disponíveis.
Como Citar
Roberto, P., Pinheiro, F., Silva, C., Lapa, T., Bernardino, A., Cortesão, J., Gonçalves, J., Lopes, M., & Tavares, E. (1). Formulário interativo de avaliação pré-anestésica desenvolvido em Portugal. Revista Da Sociedade Portuguesa De Anestesiologia, 23(1), 20-24. https://doi.org/10.25751/rspa.3676
Secção
Perspetiva