Breves notas sobre a transmissão mortis causa de quota

Autores

  • Stefanie Esteves Silva Escola Superior de Tecnologia e Gestão
  • Maria João Machado

Resumo

Ocorrendo o falecimento de um sócio de uma sociedade por quotas, a transmissão da respetiva participação social terá lugar, em princípio, nos termos gerais do direito das sucessões. No entanto, há exceções que escapam ao fenómeno sucessório natural regido pela lei das sucessões, caso, por exemplo, de estipulação contrária prevista em contrato de sociedade. O contrato social pode conter cláusulas que restringem a transmissão da participação social aos sucessores, na medida em que estabeleça condições de transmissibilidade não cumpridas ou uma cláusula de intransmissibilidade da quota aos sucessores do sócio falecido, devendo, nestes casos, esta ser amortizada (art. 232º e ss. do Código das Sociedades Comerciais (CSC)) ou adquirida pela sociedade (art. 220º do CSC), por sócios ou por terceiros. Os sócios sobrevivos dispõem, nestes casos, de 90 dias para efetivar uma das medidas, sob pena de a quota se considerar definitivamente transmitida aos herdeiros (art. 225º nº 2 do CSC). O contrato social pode, também, colocar na dependência da vontade dos sucessores do sócio falecido a transmissão da quota, caso em que estes deverão declará-la, por escrito, à sociedade, nos 90 dias seguintes ao conhecimento do óbito (art. 226.º CSC).

Referências

ABREU, Jorge Manuel Coutinho - Curso de Direito Comercial. 5.ª Ed. Vol. II. Coimbra: Edições Almedina, 2017, ISBN: 978-972-40-5949-5.

CORDEIRO, António Menezes (Coord. de) – Código das Sociedades Comerciais. Anotado. Coimbra: Edições Almedina, 2009. ISBN: 978-972-40-3791-2.

CORREIA, A. Ferrer – A Sociedade por Quotas de responsabilidade limitada segundo o Código das Sociedades Comerciais, pp. 659-700. [Consult. 31 jul. 2017]. Disponível em https://portal.oa.pt/upl/%7Befd569fa-29e6-4c22-b1f0-4de267c34482%7D.pdf.

CUNHA, Paulo Olavo – Direito das Sociedades Comerciais. 6ª Ed. Coimbra: Edições Almedina, 2016. ISBN: 978-972-40-6797-1.

MARTINS, Alexandre de Soveral – Cessão de Quotas. 2ª Ed. Coimbra: Edições Almedina, 2016. ISBN: 978-972-40-6501-4.

MARTINS, Alexandre de Soveral – ««Pais, filhos, primos e etc., Lda»: as sociedades por quotas familiares (uma introdução).» Direito das Sociedades em Revista. Coimbra: Edições Almedina, S. A. outubro de 2016, Ano 5, Vol. 10, Semestral, pp. 39-74. ISBN: 978-106-47-2586-3.

PEREIRA, Alexandre Libório Dias – Direito Comercial das Empresas. Apontamentos Teórico-Práticos. 2ª Edição Revista e Atualizada. Lisboa: Editorial Juruá. 2015. ISBN: 978-989-712-351-1.

MARQUES, João Paulo Remédio (Coord. de Jorge Manuel Coutinho Abreu) – Código das sociedades comerciais em comentário - Volume III. 2ª Ed. Coimbra: Edições Almedina, 2016. ISBN: 978-972-40-6454-3.

VENTURA, Raúl – Sociedade por Quotas. 2ª Ed., Vol. I (4ª reimpressão da 2ª edição de 1989). Coimbra: Edições Almedina, 2008, ISBN: 9789724005201.

XAVIER, Rita Lobo – «Reflexões sobre a posição do cônjuge meeiro em sociedades por quotas». Separata do Volume XXXVIII do Suplemento ao Boletim da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, 1993. ISBN: 0043000084149.

Downloads

Publicado

2019-11-24

Como Citar

Silva, S. E., & Machado, M. J. (2019). Breves notas sobre a transmissão mortis causa de quota. Revista Jurídica Portucalense, (25), 71–103. Obtido de https://revistas.rcaap.pt/juridica/article/view/15801

Edição

Secção

Investigação Científica