Uma abordagem microssociológica de sala da aula, no âmbito da aprendizagem das ciências

  • Paulo Coelho Dias Instituto Universitário de Lisboa, Portugal

Resumo

Problematizamos neste artigo, em termos sociológicos, numa abordagem próxima da metodologia do processo-produto, em que medida certas características fundamentais do professor condicionam as estratégias de estudo dos seus alunos e os resultados alcançados em ciências. Trabalhámos com uma amostra, de vinte e quatro professores e 651 dos seus alunos, representativa das escolas do Concelho de Olhão, Distrito de Faro. Os resultados indicam que os níveis relacionais que os professores estabelecem com os seus alunos são fundamentais para perceber os seus resultados, correspondendo os melhores níveis relacionais das turmas com o professor, tendencialmente, aos resultados mais profícuos por parte dos alunos. A dimensão relacional contudo, é insuficiente para definir uma prática pedagógica eficaz, sendo muito importante, a ponto de constituir-se como uma pré-condição, a dimensão disciplinar ou normativa. Garantidos este contexto relacional e normativo, destacam-se os debates em sala de aula, com ampla participação dos alunos, como um outro elemento fundamental a referir no âmbito da eficácia do professor.

Palavras-chave
Aprendizagem em ciências; Estratégias de estudo; Eficácia do professor

Downloads

Dados de Download não estão ainda disponíveis.
Como Citar
Dias, P. (1). Uma abordagem microssociológica de sala da aula, no âmbito da aprendizagem das ciências. Revista Portuguesa De Educação, 24(1), 35-71. https://doi.org/10.21814/rpe.3040
Secção
Artigos