Currículo, narrativas digitais e formação de professores: Experiências da pós-graduação à escola

  • Alessandra Rodrigues Universidade Federal de Itajubá
  • Maria Elizabeth Bianconcini de Almeida Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
  • José Armando Valente Universidade Estadual de Campinas

Resumo

A formação de educadores para a integração das tecnologias ao currículo em diferentes contextos educacionais foi o foco deste estudo, que teve como objetivo entender como o desenvolvimento de narrativas digitais contribuiu para essa formação. Os educadores investigados eram mestrandos de um Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências de uma universidade pública brasileira que atuavam também como professores em diversos níveis de ensino. A estratégia de aprendizagem foi baseada no desenvolvimento de narrativas digitais. Os dados desta investigação foram coletados por meio de questionário eletrônico aplicado aos sujeitos. Os resultados da pesquisa indicam: a) mudanças na maneira como os mestrandos passaram a entender a prática pedagógica que desenvolvem; b) aprendizagens relacionadas com a produção de narrativas digitais e com sua aplicação recontextualizada em diferentes disciplinas ministradas pelos mestrandos; c) percepção, pelos sujeitos, do potencial educacional das narrativas digitais.


Palavras-chave: Tecnologias educacionais; Aprendizagem; Prática pedagógica; Ensino de Ciências.

 

ABSTRACT

Training teachers to integrate technology into the curriculum in different educational contexts was the focus of this study, which aimed to understand how the development of digital narratives contributed to this training. Educators investigated were master’s students of a Graduate Program in Science Teaching at a Brazilian public university and were also classroom teachers in various educational levels. The learning strategy was based on the development of digital narratives. The data in this research were collected through an electronic questionnaire administered to the subjects. The results indicate: a) changes in the way the graduate students came to understand the pedagogical practice that they developed; b) learning related to the production of digital narratives and its recontextualized application in different subjects taught by the students; c) perception, by the subject, of the digital narratives’ educational potential.


Keywords: Educational technologies; Learning; Teaching practice; Science education

 

Downloads

Dados de Download não estão ainda disponíveis.

Referências

Almeida, M. E. B. (2004). A inclusão digital do professor: Formação e prática pedagógica. São Paulo: Editora Articulação Universidade/Escola.

Almeida, M. E. B., & Silva, M. G. M. (2011). Currículo, tecnologia e cultura digital: Espaços e tempos do web currículo. Revista e-curriculum, 7(1), 2-19. Disponível em: http://revistas.pucsp.br/index.php/ curriculum/issue/view/397.

Almeida, M. E. B., & Valente, J. A. (2011). Tecnologias e currículo: Trajetórias convergentes ou divergentes? São Paulo: Paulus.

Almeida, M. E. B., & Valente, J. A. (2012). Integração currículo e tecnologias e a produção de narrativas digitais. Currículo Sem Fronteiras, 12(3), 57-82. Disponível em: http://www.curriculosemfronteiras.org/vol12iss3articles/ almeida-valente.pdf.

Arroyo, M. G. (2013). Currículo, território em disputa (5ª ed.). Petrópolis/RJ: Vozes. Bakhtin, M. (1992). Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes.

Bakhtin, M. (2009). Marxismo e filosofia da linguagem: Problemas fundamentais do método sociológico da linguagem. São Paulo: Hucitec.

Barbosa, A. (Coord.). (2015). Pesquisa sobre o uso das tecnologias de informação e comunicação nas escolas brasileiras – TIC Educação 2014. São Paulo: Comitê Gestor da Internet no Brasil, Centro de Estudos sobre a Tecnologia da Informação e Comunicação.

Bogdan, R. C., & Biklen, S. K. (1999). Investigação qualitativa em educação: Uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Editora Porto.

Bottentuit Junior, J. B., Lisbôa, E. S., & Coutinho, C. P. (2012). Narrativas digitais na formação inicial de professores: Um estudo com alunos de Licenciatura em Pedagogia. Revista Teias, 13(17), 191-204. doi: http://hdl.handle.net/1822/ 20894.

Bruner, J. (1991). A construção narrativa da realidade. Critical Inquiry, 18(1), 1-21. Disponível em: https://www.academia.edu/4598706/BRUNER_Jerome. _A_constru%C3%A7%C3%A3o_narrativa_da_realidade. Chizzotti, A. (2011). Pesquisa qualitativa em ciências humanas e sociais (4ª ed.). São Paulo: Editora Vozes. Costa, S. R. (2009). Dicionário de gêneros textuais (2ª ed.). Belo Horizonte: Ed. Autêntica. Coutinho, C. P. (2010). Storytelling as a strategy for integrating technologies into the curriculum: An empirical study with post-graduate teachers. In C. Maddux, D. Gibson, & B. Dodge (Eds.), Research highlights in technology and teacher education 2010 (pp. 87-97). Chesapeake, VA: SITE.

Cunha, M. I. (1997). Conta-me agora! As narrativas como alternativas pedagógicas na pesquisa e no ensino. Revista da Faculdade de Educação, 23(1-2). doi:10.1590/S0102-25551997000100010.

Denzin, N. K., & Lincoln, Y. S. (2006). O planejamento da pesquisa qualitativa: Teorias e abordagens (2ª ed.). Porto Alegre: Artmed.

Freire, P. (1987). Pedagogia do oprimido (17ª ed.). Rio de Janeiro: Paz e Terra. Galvão, C. (2005). Narrativas em educação. Ciência & Educação, 11(2), 327-345. http://www.scielo.br/pdf/ciedu/v11n2/12.pdf.

Gatti, B. A. (2010). Formação de professores no Brasil: Características e problemas. Educação & Sociedade, 31(113), 1355-1379. doi:10.1590/S010173302010000400016.

Gimeno Sacristán, J. (2000). O currículo: Uma reflexão sobre a prática. Porto Alegre: Artmed.

Gonçalves, F. P., & Fernandes, C. S. (2010). Narrativas acerca da prática de ensino de Química: Um diálogo na formação inicial de professores. Química Nova na Escola, 32(2). Disponível em: http://qnesc.sbq.org.br/online/qnesc32_2/ 10-PE2309.pdf. Goodson, I. F. (1997). A construção social do currículo. Lisboa: Educa. INEP (2013). Censo da Educação Básica: 2012 – Resumo técnico. Brasília: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Disponível em: http://download.inep.gov.br/educacao_basica/censo_escolar/resumos_ tecnicos/resumo_tecnico_censo_educacao_basica_2012.pdf.

Jesus, A. G. (2010). Narrativa digital: Uma abordagem multimodal na aprendizagem de inglês (Dissertação de Mestrado não publicada). Universidade do Minho, Braga. Disponível em: http://repositorium.sdum.uminho.pt/handle/1822/14496. Larrosa, J. B. (2002). Notas sobre a experiência e o saber da experiência. Revista Brasileira de Educação, 19, 20-28. doi: 10.1590/S1413-24782002000100003. Passeggi, M. C. (2011). A experiência em formação. Educação, 34(2), 147-156. Disponível em: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=84819058004.

Pereira, A., Oliveira, I., & Tinoca, L. (2010). A cultura de avaliação: Que dimensões? In F. Costa, G. Miranda, J. Matos, I. Chagas, & E. Cruz (Eds.), Actas do I Encontro Internacional TIC e Educação: TicEduca (pp. 127-133). Lisboa: Instituto de Educação da Universidade de Lisboa.

Pineau, G. (1999). A autoformação no decurso da vida: Entre a hetero e ecoformação. In P. Carré & P. Gaspar (Orgs.), Tratado das ciências e das técnicas de formação (pp. 327-348). Porto Alegre: Instituto Piaget.

Robin, B. R. (2008). Digital storytelling: A powerful technology tool for the 21st century classroom. Theory Into Practice, 47(3), 220-228.

Santaella, L. (2007). Linguagens líquidas na era da modernidade. São Paulo: Paulus.

Valente, J. A., & Almeida, M. E. B. (2014). Narrativas digitais e o estudo de contextos de aprendizagem. EmRede: Revista de Educação a Distância, 1(1), 32-50. Disponível em: http://www.aunirede.org.br/revista/index.php/emrede/article/ view/10. Vieira Pinto, A. (2005). O conceito de tecnologia (vol. 1). Rio de Janeiro: Contraponto.

Vygotsky, L. S. (1989). Formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes.

Vygotsky, L. S. (2000). A construção do pensamento e da linguagem. São Paulo: Martins Fontes.

Publicado
2017-05-19
Como Citar
Rodrigues, A., de Almeida, M. E., & Valente, J. (2017). Currículo, narrativas digitais e formação de professores: Experiências da pós-graduação à escola. Revista Portuguesa De Educação, 30(1), 61-83. https://doi.org/10.21814/rpe.8871
Secção
Artigos