A Retirada da Orientação Sexual do Currículo Escolar: Regulações da Vida

  • Maria Lívia do Nascimento Universidade Federal Fluminense
  • Cristiana de França Chiaradia Universidade Federal Fluminense
Keywords: Currículo escolar, Sexualidade, Biopoder / School curriculum, Sexuality, Biopower

Abstract

O artigo visa problematizar a supressão do tópico orientação sexual da formação escolar brasileira, conforme propõe a chamada Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Essa alteração leva a questionar as forças que a produziram, tendo como análise uma questão: Que construções subjetivas constituem a supressão do tema orientação sexual do conteúdo escolar no ensino fundamental brasileiro? É por meio dela que procuraremos pensar a fabricação social e histórica de uma subjetividade que implanta determinada verdade normativa, na qual se afirma que entrar em contato com o tema da sexualidade seria algo ameaçador, algo que constrange. Como se conhecer esse tema fosse promover práticas consideradas impróprias, como se esse conhecimento, visto como antecipado e inadequado, gerasse práticas sexuais indesejáveis, que só deveriam ocorrer em um momento normalizado, enquadrado e pré-estabelecido. As análises são feitas fortemente embasadas em conceitos trazidos por Michel Foucault, mormente aqueles relacionados ao poder que se ocupa da vida.

 

The article aims to problematize the suppression of the sexual orientation content of the Brazilian education, as proposed by the so-called Base Nacional Comum Curricular (BNCC) [National Curricular Common Base]. This change makes us question the forces that produced it, based on the analysis of one question: What subjective constructions constitute the suppression of the sexual orientation subject of school content in Brazilian elementary education? Through it, we will try to think about the social fabric and the history of a subjectivity that implants a certain normative truth, which affirms that discovering the subject of sexuality is something threatening, something that embarrasses. As if this subject promoted practices considered improper, as if this knowledge, seen as anticipated and inadequate, would generate undesirable sexual practices, which should only occur in a normalized, framed and pre-established moment. The analyzes are strongly based on concepts brought by Michel Foucault, especially those related to the power that deals with life?

Author Biographies

Maria Lívia do Nascimento, Universidade Federal Fluminense
Professora doutora titular do Instituto de Psicologia da Universidade Federal Fluminense, atuando nos cursos de graduação e pós-graduação (mestrado e doutorado).
Cristiana de França Chiaradia, Universidade Federal Fluminense
Psicóloga, mestre em educação, doutoranda em psicologia pela Universidade Federal Fluminense.
Published
2017-02-27