Acesso ou Registar-se para submeter um artigo.

Condições para Submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita e não se encontra sob revisão ou para publicação por outra revista. Caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao Editor".
  • O ficheiro para submissão encontra-se em formato Microsoft Word ou OpenOffice (e não ultrapassa 2MB).
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos na secção Sobre a Revista.
  • Foram seguidas as instruções disponíveis em Assegurando a Revisão Cega por Pares.

Instruções para Autores

Apenas se aceitam para avaliação artigos que se insiram nos números temáticos anunciados na secção de notícias.

Todas as propostas de publicação devem ser originais, não sendo permitida a sua apresentação simultânea noutras revistas nacionais ou estrangeiras. Os textos podem ser apresentados em português (de Portugal ou do Brasil), espanhol, inglês ou francês. Todos os originais são submetidos à apreciação da Direcção da revista e encaminhados a um mínimo de dois membros do Conselho Editorial (especialistas de diferentes nacionalidades de reconhecido mérito) que decidem sobre a conveniência da sua aceitação, podendo sugerir alterações ao seu conteúdo e formato que serão enviadas ao(s) autor(es). Em todo este processo, é mantido o anonimato tanto dos autores como dos avaliadores dos artigos. A Direcção reserva-se o direito de recusar artigos que não atendam às modificações sugeridas pelo Conselho Editorial.

Todos os textos publicados serão da responsabilidade dos seus autores.

Os manuscritos são enviados (obrigatoriamente) em versão electrónica (ficheiro Word) através da plataforma da revista.

Poderão obter um Texto Base para Artigo da Interacções em Template

Os originais devem ter um máximo de 25 páginas A4 (incluindo sumário, tabelas/figuras, bibliografia e anexos) e ser redigidos em processador de texto (Microsoft Word, ou equivalente), em fonte Arial 11, espaçamento de 1,5 linhas, com margens laterais, superior e inferior de 3,0 centímetros. Todas as páginas do manuscrito devem ser numeradas.


Deve ser respeitada a seguinte estrutura (o Conselho Editorial apenas apreciará os textos que obedeçam às normas estabelecidas para publicação):
Primeira página:  
a) Título do artigo – Maiúsculas. Formato Arial 14 negrito centrado, espaçamento anterior 12 e posterior 24, espaçamento entre linhas 1,5.
b) Nome(s) do(s) autor(es) – Formato Arial 11 negrito centrado, espaçamento anterior 0 e posterior 12, espaçamento entre linhas 1,0.
c) Indicação das afiliações dos autores e endereços electrónicos – Formato Arial 10 normal centrado, espaçamento anterior 0 e posterior 12, espaçamento entre linhas 1,0.
d) Resumo – Redigido na língua do artigo, em Português e em Inglês (no caso de artigos em Inglês, será apenas adicionado um segundo sumário em Português; no caso de artigos em Português, será incluído um segundo sumário em Inglês). Inserido no início da segunda página do texto, deverá ter um máximo de 250 palavras salientando o objectivo, o enquadramento teórico, a metodologia e as conclusões do trabalho. As traduções são da responsabilidade dos autores. Formato – Arial 11 normal justificada. Espaçamento entre linhas 1,5. Espaço posterior entre parágrafos 18.
e) Palavras-chave – Um conjunto máximo de cinco palavras-chave que identifiquem o conteúdo do artigo. Deverão ser redigidas na língua do artigo, em Português e em Inglês (no caso de artigos em Inglês ou Português, as palavras-chave serão duplicadas, respectivamente, em Português e em Inglês). Formato – Arial 11 normal justificada. Espaço posterior entre parágrafos 18.
Restantes páginas
a) Títulos das secções principais – Minúsculas (excepto letras iniciais). Formato Arial 11 negrito justificado, espaçamento entre linhas 1,5. Sem indentação. Espaçamento posterior 12.
b) Títulos das secções secundárias – Minúsculas (excepto letras iniciais). Formato Arial 11 itálico justificado, espaçamento entre linhas 1,5. Sem indentação. Espaçamento posterior 12.
c) Texto restante – Arial 11 normal justificado. Espaçamento entre linhas 1,5. Indentação de 1 cm. Espaço entre parágrafos 6, excepto no último parágrafo da secção com espaço posterior 18. Não utilizar negrito e substituir o sublinhado por itálico.
Referências bibliográficas: Apresentadas após o texto de acordo com as normas da APA.
Tabelas e figuras: Inseridas no texto.

As referências ao longo do texto deverão ser indicadas da seguinte forma:

a) Nome do autor, seguido do ano entre parêntesis. Exemplo: “Como Moreira (1995) assinalou...”
b) No caso de se tratar de dois autores, ambos os nomes devem ser referidos. Exemplo: “Como referem Martins e Ferreira (1994)...”;
c) No caso de se tratar de três ou mais autores, devem ser todos referidos a primeira vez que são mencionados e, posteriormente, bastará referir o nome do primeiro autor seguido de “e colaboradores”, em caso de menção no texto, ou seguido de “et al.”, em caso de menção entre parêntesis. Exemplos: “Um estudo de Campos e colaboradores (1995) concluiu que...”; “Segundo alguns autores (Galvão et al., 1995)…”.
d) No caso de se tratar de referências a dois ou mais artigos ou textos do mesmo autor e no mesmo ano, as letras a, b, c, etc. devem seguir imediatamente o ano da publicação. Exemplo: “Como refere Shulman (1994 a, b)...”.

As referências bibliográficas, a incluir no final do artigo, devem obedecer aos seguintes critérios:

a) Escrever as referências em minúsculas (excepto iniciais de nomes e sobrenomes dos autores ou iniciais de títulos e nomes de publicações);
b) Ordenar alfabeticamente as referências pelo nome do autor (e por ordem cronológica crescente do mesmo autor);
c) No caso de uma obra ou livro, colocar em itálico o respectivo título (em caso de capítulo de livro, deve ser assinalado em itálico o título do livro e não o título do capítulo);
d) No caso de um artigo publicado numa Revista, colocar em itálico o nome e volume da Revista;
e) No caso de uma comunicação ou apresentação em reunião científica, colocar em itálico o título da comunicação.
f) Se for referida mais do que uma publicação (livro, artigo) do mesmo autor e do mesmo ano, as letras a, b, c, etc. devem seguir o ano.
Exemplos de referências a um livro, capítulo de um livro, artigo de revista e comunicação em reunião científica:
Nelkin, D. (1995). Selling science: How the press covers science and technology. New York: W. H. Freeman and Company.
Monk, M., & Dillon, J. (2000). The nature of scientific knowledge. In R. Millar, J. Leach & J. Osborn (Eds.), Good practice in science teaching: What research has to say (pp. 72-87). Buckingham: Open University Press.
Reis, P., & Galvão, C. (2004). The impact of socio-scientific controversies in portuguese natural science teachers’ conceptions and practices. Research in Science Education34(2), 153-171.
Ellis, A. (1991, Julho). The revised ABC’s of Rational-Emotive Therapy (RETI). Conferência apresentada no “International Congress on Stress, Anxiety and Emotional Disorders”. Universidade do Minho, Braga, Portugal.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços fornecidos nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.