Educação e Saúde Mental ou Saúde Mental e Educação?

Autores

  • Emílio Salgueiro Sociedade Portuguesa de Psicanálise

DOI:

https://doi.org/10.25755/int.25103

Resumo

O autor afirma a inseparabilidade da educação e da saúde mental. Descreve os perigos da solução quantificação / medição com menorização ou desprezo pela intuição clínica. Aprofunda os problemas da “hiperactividade”, ligando-os à irrequietude na família e à irrequietude na criança. A psicanálise, “bem-temperada”, pode dar uma ajuda muito importante no entendimento das emoções e dos afectos que subjazem tanto à educação como à saúde mental.

Downloads

Publicado

2021-07-24