Contributos à compreensão da distribuição de verbas destinadas à educação nos municípios portugueses em 1870-1880

  • Gilda Soromenho Instituto da Educação, Universidade de Lisboa
Palavras-chave: Análise Fatorial em Componentes Principais, Análise de Regressão Múltipla, ANOVA.

Resumo

No âmbito do projeto Atlas-Repertório dos Municípios na Educação e na Cultura em Portugal (1820-1986) foram observados diversos indicadores referentes aos anos 1870-1880, em 287 municípios dos 21 distritos do Continente e Ilhas. O objetivo era determinar de que fatores dependia a distribuição de verbas para a Educação a um município nessa época. Nesta perspetiva realizou-se numa primeira análise um estudo exploratório sobre as correlações dos vários indicadores e posteriormente uma análise de regressão múltipla cuja variável dependente é o orçamento geral atribuído ao município. Constatou-se que a distribuição das verbas por município dependia essencialmente de duas variáveis latentes, uma que é o compósito de um conjunto de indicadores sobre a dimensão da população, número de escolas, número de habitantes que só sabem ler ou que sabem ler e escrever e outra que está relacionada com a taxa de alfabetização e com a taxa real de escolarização. Verificou-se também que nesta época já existia uma certa politização na Educação, uma vez que distribuição de verbas dependia da localização do município.

Publicado
2014-05-20