Materiais curriculares para um contexto geológico local: o caso da pedreira da quinta do moinho (Vila Nova de Gaia)

Autores

  • Dorinda Rebelo Escola Secundária de Estarreja, Portugal
  • Margarida Morgado Escola Secundária de Viriato, Viseu, Portugal.
  • Jorge Medina Universidade de Aveiro e Centro de Investigação GeoBioTec da Universidade de Aveiro, Portugal.
  • Jorge Bonito Universidade de Évora e CIDTFF da Universidade de Aveiro, Portugal.
  • Luís Marques CIDTFF da Universidade de Aveiro, Portugal.
  • António Soares de Andrade Centro de Investigação GeoBioTec da Universidade de Aveiro, Portugal.

DOI:

https://doi.org/10.25755/int.8741

Palavras-chave:

Materiais curriculares, Ensino das geociências, Pedreira da Quinta do Moinho.

Resumo

A construção de materiais curriculares com base no que se conhece atualmente sobre o ensino e a aprendizagem, suportados com ideias cognitivistas e baseados na perspetiva construtivista (ensino por pesquisa) promove a compreensão profunda de conceitos científicos e de estratégias de investigação para abordar as necessidades individuais de cada aluno. A elaboração de materiais curriculares por professores e investigadores, aplicados a problemas ou contextos específicos, é um procedimento relativamente recente, ainda com um grande potencial de desenvolvimento. Este artigo dá conta do processo de conceção, construção e aplicação de materiais curriculares para o desenvolvimento de atividades exteriores à sala de aula, aplicados à Pedreira da Quinta do Moinho (Vila Nova de Gaia, Portugal). Considera-se a caraterização geológica desenvolvida, bem como os princípios psicopedagógicos apontados, sob a temática “exploração sustentada de recursos geológicos”.

Os documentos destinam-se a alunos do 11.º ano de escolaridade, tendo sido aplicados em três escolas das regiões Centro e Norte de Portugal. Na avaliação dos materiais, os professores consideraram que estes permitiram construir uma atividade privilegiada para o alargamento e aprofundamento da literacia científica dos alunos. Os alunos declararam que os materiais associados à atividade de campo lhes promoveram competências associadas ao trabalho colaborativo, à resolução de problemas e ao trabalho laboratorial, além da sensibilização para o papel das Geociências na resolução de problemas ambientais.

Downloads

Publicado

2016-03-06

Edição

Secção

XV ENEC - Currículo e políticas educativas