Um professor, um currículo? Um estudo com duas professoras de Matemática do 3.º ciclo

  • Catarina Ribeiro Associação Escola 31de Janeiro, Portugal
  • Leonor Santos Universidade de Lisboa, Portugal

Resumo

O presente estudo tem como objectivo compreender de que forma duas professoras de Matemática do 3.º ciclo, da mesma escola, a leccionarem o mesmo ano de escolaridade e os mesmos conteúdos programáticos exercem o seu protagonismo curricular. Trata-se de uma investigação interpretativa, com design de estudo de caso. Os dados foram recolhidos através de entrevistas às professoras incluindo as suas reflexões após as aulas assistidas, de observação de aulas e de reuniões de grupo e de recolha documental. Os resultados evidenciam que Inês e Sara, embora pertençam à mesma escola e grupo disciplinar, relacionam-se de forma diferente com o currículo. Enquanto Inês sente que tem liberdade em adaptá-lo a si mesma e aos seus alunos, desempenhando um papel de mediadora do currículo prescrito, Sara procura cumprir estritamente o que são as orientações curriculares, sentindo pouca margem de decisão. A forma como legitimam as suas decisões curriculares é igualmente distinta.

Palavras-chave
Matemática; Professor; Currículo; Gestão curricular

Downloads

Dados de Download não estão ainda disponíveis.
Como Citar
Ribeiro, C., & Santos, L. (1). Um professor, um currículo? Um estudo com duas professoras de Matemática do 3.º ciclo. Revista Portuguesa De Educação, 24(2), 159-182. https://doi.org/10.21814/rpe.3033
Secção
Artigos