Interacções professor-aluno nas salas de aula no 1.º CEB: Indicadores de qualidade

  • Joana Cadima Universidade do Porto, Portugal
  • Teresa Leal Universidade do Porto, Portugal
  • Joana Cancela Universidade do Porto, Portugal

Resumo

Diversos investigadores têm salientado a importância dos processos interactivos que ocorrem na sala de aula para o desempenho escolar dos alunos. Segundo investigações recentes, os recursos educacionais, nomeadamente, o currículo ou o nível de formação dos professores, apesar de serem importantes, não serão suficientes para assegurar aprendizagens significativas. Por outro lado, cada vez mais se reconhece que os primeiros anos de escolaridade são cruciais para o subsequente sucesso académico dos alunos. O presente trabalho apresenta uma síntese da investigação mais recente acerca das interacções professor-aluno do 1.º Ciclo do Ensino Básico que parecem ter um impacto positivo nas aprendizagens dos alunos. Apresenta ainda um modelo conceptual acerca dos processos interactivos, o modelo CLASS (Pianta, La Paro & Hamre, 2008) que contempla três grandes domínios: apoio a nível da instrução, gestão da sala e apoio socioemocional.
Com base nesta conceptualização, são discutidas algumas das possíveis implicações para o sistema educativo.

Palavras-chave
Interacções professor-aluno; 1.º CEB; Instrução; Organização da sala; Apoio socioemocional

Downloads

Dados de Download não estão ainda disponíveis.
Como Citar
Cadima, J., Leal, T., & Cancela, J. (1). Interacções professor-aluno nas salas de aula no 1.º CEB: Indicadores de qualidade. Revista Portuguesa De Educação, 24(1), 07-34. https://doi.org/10.21814/rpe.3039
Secção
Artigos