Multiple Intelligences in the English Learning Context

Challenges in Class Planning

Authors

  • Amanda Cristina de Freitas Pós-Graduação em Linguística, Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Brazil https://orcid.org/0000-0003-1367-0612

DOI:

https://doi.org/10.25749/sis.26961

Keywords:

multiple intelligences, class planning, teacher, student, english teaching

Abstract

This paper aimed to present the results of our research on the challenges of planning English language classes in elementary school through the analysis of didactic activities proposed for a 2nd grade Elementary class in a private school. This is a descriptive documentary research with a mixed approach (quantitative and qualitative) that sought to investigate whether didactic activities include aspects related to the theory of multiple intelligences (linguistic, musical, logical-mathematical, spatial, bodily-kinesthetic, interpersonal, intrapersonal, and naturalist) proposed by Howard Gardner in 1983 (Gardner, 1994). From the initial analysis of lesson plans, the results show the predominance of activities that focus exclusively on logical-mathematical and linguistic intelligences.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biography

Amanda Cristina de Freitas, Pós-Graduação em Linguística, Instituto de Estudos da Linguagem, Universidade Estadual de Campinas, Brazil

Graduada em Letras com Inglês pela Universidade Estadual de Feira de Santana - UEFS (2017) e em Pedagogia, pela Faculdade Regional de Filosofia, Ciências e Letras de Candeias - FAC (2020). Especialista em Linguística e Ensino-Aprendizagem de Língua Portuguesa - UEFS (2020). Foi bolsista no Programa de Estágio Docente (PED), pela Pós-Graduação/Unicamp, nas disciplinas HL423 A Aquisição da Linguagem e Ensino de Língua; HL423 C Aquisição da Linguagem e Ensino de Língua, sob supervisão do Prof. Dr. Pablo Picasso Feliciano de Faria, do IEL - Instituto de Estudos da Linguagem (2021.2). Atualmente, é Mestranda em Linguística, na Universidade Estadual de Campinas - Unicamp.

References

Antunes, C. (2016, October 28). Mas ele(a) não tem didática!. Celso Antunes. Retrieved from: https://www.linkedin.com/pulse/mas-elea-não-tem-didática-celso-antunes/

Armstrong, T. (2001). Inteligências Múltiplas. (2nd Edition). Porto Alegre: Artes Médicas.

Armstrong, T. (2017). Multiple intelligences in the classroom. (3rd Edition). Alexandria: ASCD.

Ballestero-Alvarez, M. E. (2005). Exercitando as Inteligências Múltiplas: Dinâmicas de grupo fáceis e rápidas para o ensino superior. São Paulo: Papirus Editora.

Bearne, E., & Reedy, D. (2017). Teaching Primary English subject knowledge and classroom practice. New York: Routledge.

Berns, R. M. (2002). O Desenvolvimento da criança. São Paulo: Edições Loyola.

Brualdi, A.C. (1996). Multiple Intelligences: Gardner's Theory. ERIC Digest. Institute of Education Sciences. Retrieved from: https://files.eric.ed.gov/fulltext/ED410226.pdf

Chagas, V. (1967). Didática especial de línguas modernas. (Prefácio de Anísio Teixeira). (2nd Edition). São Paulo: Editora Nacional.

Conceição, J. S., Santos, J. F., Sobrinha, M., & Oliveira, M. A. R. (2019). A importância do planejamento no contexto escolar. Faculdade São Luís de França. Retrieved from: https://portal.fslf.edu.br/wp-content/uploads/2016/12/A-IMPORTANCIA-DO-PLANEJAMENTO.pdf

Dolati, Z., & Tahriri, A. (2017). EFL teachers’ multiple intelligences and their classroom practice. SAGE Open, 7(3). doi: 10.1177/2158244017722582

Franze, L. (2008). Inteligências Múltiplas e motivação para a aprendizagem da língua inglesa. Retrieved from: http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/pde/arquivos/1064-4.pdf

Freire, P. (1996). Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. (2nd Edition). Porto Alegre: Artes Médicas.

Gardner, H. (1994) [1983]. Estruturas da Mente - A Teoria das Múltiplas Inteligências. (2nd Edition). Porto Alegre: Artes Médicas Sul.

Gardner, H. (2003). Multiple intelligences after twenty years. American Educational Research Association, Chicago, Illinois, 21, 1-15.

Gardner, H. (2006). Multiple Intelligences: New horizons. New York: Basic Books.

Gardner, H. (2021). The Official Authoritative Site of Multiple Intelligences. Retrieved from: https://www.multipleintelligencesoasis.org

Hoffmann, J. M. L. (1994). Avaliação mediadora: uma relação dialógica na construção do conhecimento. Avaliação do rendimento escolar. São Paulo: FDE, 51-9.

Konkiewitz, E. C. (2013). Aprendizagem, comportamento e emoções na infância e adolescência: uma visão transdisciplinar. Dourados: UFGD.

Menegolla, M., & Sant'Anna, I. M. (1991). Por que planejar? Como planejar?: currículo, área, aula. Petrópolis: Editora Vozes Limitada.

Oliveira, K. L. D., Santos, A. A. A. D., & Scacchetti, F. A. P. (2016). Medida de estilos de aprendizagem para o ensino fundamental. Psicologia Escolar e Educacional, 20, 127-136.

Padilha, P. R. (2001). Planejamento dialógico: como construir o projeto político- pedagógico da escola. São Paulo: Cortez.

Paro, V. H. (2014). Gestão Escolar Democrática Celso Antunes. Retrieved from: http://www.vitorparo.com.br/gestao-escolar-democratica/

Rego, T. C. (1995). Vygotsky: Uma Perspectiva Histórico Cultural. Petrópolis: Vozes.

Riddell, D. (2014). Teach Efl. (4th Edition). Great Britain: Cpi Group (Uk) Ltd.

Santos, G. C. N., Brito, H., & Maranhão, I. M. L. A. (2014). A relação professor-aluno e sua influência no processo de ensino-aprendizagem. Retrieved from: https://www.ufpe.br/documents/39399/2407231/SANTOS%3B+BRITO%3B+MARANHA~O+-+2014.2.pdf/005e19fe-ce8f-4c31-b0cd-ded82f018a0c

Santos, M. M. R. (2020). Ensino de língua estrangeira: os métodos. Revista EntreLinguas, 6(2), 249-265. doi: 10.29051/el.v6i2.13072

Scheeffer, R. (1968). Introdução aos testes psicológicos. (2nd Edition). Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas Serviço de Publicações.

Scrivener, J. (2011). Learning teaching. (3rd Edition). Oxford: Macmillan.

Scrivener, J. (2013). Teaching Grammar-Oxford Basics. Oxford: Oxford University Press

Silva, J. A. D. (2002). Fatos marcantes na história dos testes psicológicos. Paidéia (Ribeirão Preto), 12(23), 177-178.

Silva, M. O. (2018). A convivência entre crianças com e sem deficiência e o papel do professor na educação infantil. Revista Educação Especial, 31(60), 107-117. doi: 10.5902/1984686X24604

Souza, E. M. F., & Ferreira, L. G. (2020). Ensino remoto emergencial e o estágio supervisionado nos cursos de licenciatura no cenário da Pandemia COVID 19. Revista Tempos e espaços em educação, 13(32), 85, 1-20. doi: 10.20952/revtee.v13i32.14290

Terra, M. R. (2010). O desenvolvimento humano na teoria de Piaget. Retrieved from: o desenvolvimento humano na teoria de piagethttps://noctuam.files.wordpress.com › 2018/05

Tomlinson, C. A. (2014). The differentiated classroom: Responding to the needs of all learners. (2nd Edition). Alexandria: Ascd.

Ullman, E. (2011). How to plan effective Lessons. Education Update Magazine, 53(10). Retrieved from: https://www.ascd.org/el/articles/how-to-plan-effective-lessons

Downloads

Published

2022-10-31