CONCEITO DE UNIDADE NOS NÚMEROS RACIONAIS: ESTRATÉGIAS E DIFICULDADES DE FORMANDOS DA FORMAÇÃO INICIAL DE EDUCADORES E PROFESSORES

Autores

  • Maria Clara Martins
  • Neusa Branco

DOI:

https://doi.org/10.25746/ruiips.v3.i6.14412

Resumo

O sentido de número racional envolve a compreensão duma rede complexa de conceitos, representações e significados que o tornam difícil não apenas para alunos mas também para professores. Este artigo visa analisar o conhecimento que 34 formandos da licenciatura em Educação Básica mostram ter perante questões que envolvem números racionais e, particularmente, o conceito de unidade de referência. O foco está nas estratégias e dificuldades dos formandos em duas questões envolvendo o conceito de unidade nos números racionais. Esses formandos realizaram um questionário, com tarefas matemáticas, em dois momentos, no início e no fim da licenciatura em educação básica. Os resultados revelam que os formandos manifestam dificuldades no conceito de unidade de referência em ambos os momentos, apesar de no final da licenciatura a maioria dos formandos ter melhorado o seu desempenho. As suas principais dificuldades estão relacionadas com a não distinção de quantidades relativas e quantidades absolutas, a utilização incorreta de procedimentos ou a falta de compreensão dos significados dos números racionais, nomeadamente, parte-todo e razão. As estratégias que usam relacionam-se com procedimentos analíticos e, no final da licenciatura, com os significados parte-todo, operador e razão do número racional, recorrendo a representações pictóricas, esquemas ou modelos e relacionados com esses procedimentos.


Palavras-chave: Formação inicial de professores, sentido de número racional, conceito de unidade.

Downloads

Edição

Secção

Artigos