DIFERENCIAÇÃO PEDAGÓGICA NAS PRIMEIRAS IDADES PARA A CONSTRUÇÃO DE UMA PRÁTICA INCLUSIVA Pedagogical differentiation in the early ages for the construction of an inclusive practice

Autores

  • Bruna Clérigo Instituto Politécnico de Santarém
  • Rita Alves Instituto Politécnico de Santarém
  • Isabel Piscalho Instituto Politécnico de Santarém
  • Maria João Cardona Instituto Politécnico de Santarém

DOI:

https://doi.org/10.25746/ruiips.v5.i1.14482

Palavras-chave:

Diferenciação Pedagógica, educação Pré-Escolar, 1º ciclo do ensino básico, Pedagogical differentiation, preschool education, 1st cycle of basic education

Resumo

Este estudo de natureza qualitativa centra-se na temática da diferenciação pedagógica (DP) na educação pré-escolar e no 1.º ciclo do ensino básico de modo a promover uma prática inclusiva. Foram realizadas entrevistas semiestruturadas a sete educadoras de infância e a sete professoras em que se procuraram identificar as suas conceções sobre DP e de que forma a implementam na sua prática. Da análise dos dados pode perceber-se que as docentes procuram implementar estratégias de DP de forma a responder às necessidades e capacidades de cada criança, respeitando os seus ritmos de aprendizagem. Neste sentido realçam o papel do planeamento da avaliação e organização do ambiente educativo. Verificam-se, no entanto, que são várias as dificuldades sentidas na implementação de estratégias de DP, o que nos leva a refletir sobre a necessidade de um maior apoio formativo nesta área, para o desenvolvimento de práticas que respondam efetivamente às necessidades específicas de cada criança.

 

ABSTRACT

This qualitative study focuses on the theme of pedagogical differentiation (PD) in pre-school education and in the 1st cycle of basic education in order to promote an inclusive practice. Semi-structured interviews were conducted with seven kindergarten teachers and seven teachers in which they sought to identify their conceptions about PD and how they implemented it in their practice. From the analysis of the data it can be seen that the teachers seek to implement PD strategies in order to respond to the needs and capacities of each child, respecting their learning rhythms. In this sense, they emphasize the role of evaluation planning and organization of the educational environment. However, there are several difficulties in the implementation of PD strategies, which leads us to reflect on the need for greater formative support in this are