UMA TESE DE MESTRADO, UM TUFÃO E O ENVOLVIMENTO DAS CRIANÇAS NA CRIAÇÃO DE UMA HORTA ESCOLAR EM MACAU

  • Isabel Roque Escola Portuguesa de Macau, China, Macau R.A.E.M. Instituto Politécnico de Santarém, Portugal
  • Ana Paulo Instituto Politécnico de Santarém
  • Isabel Ramos Instituto Superior Técnico, Universidade de Lisboa, Portugal

Resumo

A investigação baseada na prática requer interdisciplinaridade entre os vários domínios científicos e bi-direcionalidade na comunicação entre sociedade e ciência. A pesquisa com base na ação participativa e no envolvimento das comunidades são atuais paradigmas da investigação.

Macau é uma região urbana densamente povoada. As áreas verdes são escassas, o contacto das crianças e da população em geral com a natureza, com a agricultura e com a produção de alimentos, é praticamente inexistente. O mestrado com tema "A Agricultura Urbana na República Administrativa Especial de Macau. Caso de estudo de um projeto na Escola Portuguesa" integra agricultura urbana, produção de alimentos, educação e consciencialização ambiental. Para conhecer as motivações da comunidade escolar, relativamente a um projeto de agricultura urbana na escola efetuou-se um questionário a 170 estudantes, com idades entre 6 e 15 anos, e a 30 professores. A propósito dos inquéritos, as ideias foram-se instalando. A falta de espaço para a criação da horta foi ultrapassada com a 'ajuda' do tufão Hato, que destruiu muros e proporcionou a reconversão de um espaço desaproveitado. O projeto transformou-se num processo participativo envolvendo a comunidade escolar e os pais, onde crianças do 1º ciclo estão coletivamente a criar e a manter uma horta no espaço escolar.

Conclui-se que os métodos de investigação transdisciplinar, para além de coprodução de conhecimento assente em problemas reais mostram um potencial mobilizador para a transformação da sociedade.

Palavras-chave: agricultura urbana, projeto de horta escolar, participação, Macau-RAEM.

Publicado
2019-07-15