ANÁLISE QUANTITATIVA DA TÉCNICA DE CROL

  • Carolina Matos Instituto Politécnico de Santarém
  • Hugo Louro Instituto Politécnico de Santarém
  • Dmytriy Martynenko Instituto Politécnico de Santarém
  • Rafael Melo Instituto Politécnico de Santarém
Palavras-chave: Análise Quantitativa, Natação, Técnica de Crol

Resumo

Um dos objetivos prioritários da Biomecânica do Desporto é o de caracterizar um determinado padrão motor e intervir no sentido de incrementar a eficiência motora. Esse incremento da eficiência do gesto tem como finalidade última permitir que o seu executante aceda a níveis superiores de rendimento desportivo. A análise da variação da velocidade dentro de um ciclo completo de nado contribui para o deslocamento do nadador e apresenta um conjunto de informações sobre as diferentes fases do ciclo. Com este trabalho pretendíamos ir além da análise subjetiva e realizar a análise quantitativa. Esta análise foi realizada em duas dimensões (2D), no plano perpendicular ao movimento. Foram analisados três nadadores, sendo a análise realizada no SkillSpector. Chegámos à conclusão que existem algumas diferenças no nado com e sem respiração, sendo este último mais benéfico tendo em conta a posição do tronco e a velocidade da braçada.

Publicado
2020-01-23