DESENVOLVIMENTO CURRICULAR: TECNOLOGIAS EDUCATIVAS COMO TRANSIÇÕES

Autores

  • José Amendoeira Instituto Politécnico de Santarém - Escola Superior de Saúde de Santarém; UMIS - Coordenador; CIEQV - Coordenador da Área Científica Saúde Individual e Comunitária, Portugal http://orcid.org/0000-0002-4464-8517
  • Marta Rosa Instituto Politécnico de Santarém - Escola Superior de Saúde de Santarém; UMIS; CIEQV - Área Científica Saúde Individual e Comunitária, Portugal http://orcid.org/0000-0003-0916-0564
  • Mário Silva Instituto Politécnico de Santarém - Escola Superior de Saúde de Santarém; UMIS; CIEQV - Área Científica Saúde Individual e Comunitária, Portugal http://orcid.org/0000-0002-2434-4356

DOI:

https://doi.org/10.25746/ruiips.v8.i4.21988

Palavras-chave:

Desenvolvimento Curricular, Escalas, e-Learning, Tecnologias educativas, Transições

Resumo

Introdução: O impacto da pandemia nas Instituições de Ensino Superior, relativo ao processo ensino aprendizagem passou a ser maioritariamente online, associando-se dificuldades relacionadas com o desenvolvimento curricular, assim como de literacia digital de professores e estudantes. Durante a pandemia as organizações com cursos acreditados com regime presencial, recorreram ao uso do e-Learning ou modelo misto com aulas síncronas e assíncronas. Objetivo: Compreender o impacto da pandemia COVID-19 nas tecnologias educativas como transição no desenvolvimento curricular. Método: Investigação ação com a participação dos estudantes e professores, mobilizando os paradigmas qualitativo e quantitativo. Resultados: Conceção e validação de escala para avaliar as tecnologias educativas nas transições do desenvolvimento curricular. Conclusões: Validação da escala das tecnologias educativas como transição no desenvolvimento curricular.

Downloads

Publicado

2020-12-30

Como Citar

Amendoeira, J., Rosa, M., & Silva, M. (2020). DESENVOLVIMENTO CURRICULAR: TECNOLOGIAS EDUCATIVAS COMO TRANSIÇÕES. Revista Da UI_IPSantarém, 8(4), 128–130. https://doi.org/10.25746/ruiips.v8.i4.21988