Editorial - Educação Social

Diálogos entre a Formação e a Profissionalidade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.25755/int.24515

Resumo

O número temático Educação Social: diálogos entre a formação e a profissionalidade surge num momento de encruzilhada do processo de institucionalização e consolidação da Educação Social em Portugal, tal como noutros contextos europeus. Não sendo um campo profissional novo é, quando comparado com outras profissões que habitam o campo do trabalho social, ainda recente. Sendo firmes algumas das suas bases disciplinares e os seus compromissos programáticos, a Educação Social permanece atravessada por uma pluralidade de saberes e orientações metodológicas que tornam as suas fronteiras permeáveis e difusas – o que constitui, na nossa perspetiva, tanto um desafio como uma oportunidade. Implicada na reposta social e educativa aos problemas e desafios colocados pelas sociedades contemporâneas, transforma-se e é transformada pelos contextos, conjunturas e estruturas. É, portanto, um campo em permanente (re) configuração, aquele que, no momento atual, se propõe olhar para o futuro e identificar dialogicamente prioridades e caminhos. Este número surge, pois, da necessidade de colocar em diálogo o campo da formação e o da profissionalidade, perscrutando pontes e vazios, desafios e oportunidades, conquistas e fracassos. Reúne um conjunto de contributos, de pendor mais teórico-reflexivo uns, de carater mais empírico, outros, de autores com um percurso profissional ligado à formação superior de educadores sociais (sejam eles próprios educadores sociais ou não) e/ou ao movimento associativo. Conta ainda com o contributo de uma educadora social em exercício. Trata-se de um diálogo que atravessa fronteiras, contando este número com dois textos de autores espanhóis. 

Downloads

Publicado

2021-08-30