Os trabalhos de casa na Escola do 1.º Ciclo da Luz: Estudo de caso.

Autores

  • Maria Eulália de Faria Henriques Agrupamento de Escolas Conde de Ourém

DOI:

https://doi.org/10.25755/int.298

Palavras-chave:

Currículo, Trabalhos para casa, Relação escola-família, Relação escola-comunidade, Parceria.

Resumo

Com este texto, para além de estimular o diálogo, pretendeu-se desenvolver uma investigação sobre os trabalhos para casa, vulgo TPC. Houve que definir objectivos e percorrer várias etapas. No que concerne aos objectivos, procurou-se compreender em que consistem na prática os TPC através das perspectivas dos diferentes actores sociais (professores, pais/encarregados de educação (EEs), alunos, ATL, explicadoras e ama) e que tipos de relações existem face à sua dinâmica.
Em relação às etapas, abordaram-se conceitos, passou-se em revista várias teorias; dirigiu-se um breve olhar sobre a recente reorganização curricular; falou se de estudos publicados; escutou-se os diferentes actores; analisaram-se alguns documentos e confrontaram-se dados.
No que diz respeito à metodologia que orientou o estudo situámo-nos no paradigma de investigação qualitativa, optando pelo formato de estudo de caso, com recurso a entrevista, questionário e análise documental.
O trabalho decorreu no distrito de Santarém, numa escola pública do 1.º ciclo sendo a população constituída por 4 docentes da EB1 da Luz, 94 alunos, 88 pais/EEs, 2 docentes do ATL, 2 explicadoras e 1 ama. 
Ao longo deste estudo foi possível verificar: a) que não há consenso sobre o valor pedagógico dos TPC; b) que apenas têm o nome de “casa”, pois não são aí feitos; c) que sacrificam o desenvolvimento de competências em proveito da assimilação de conhecimentos; d) uma “vigia” entre os diversos actores; e) uniformidade pedagógica, com a qual os alunos têm o mesmo itinerário cognitivo; f) a prática de cópias, palavras difíceis, verbos, contas, tabuadas e reduções.

Downloads

Publicado

2006-03-02

Como Citar

Henriques, M. E. de F. (2006). Os trabalhos de casa na Escola do 1.º Ciclo da Luz: Estudo de caso. Interacções, 2(2). https://doi.org/10.25755/int.298

Edição

Secção

Número 2 - Pluralidade de olhares sobre escolas e famílias e suas intra e inter-relações.