“O pré-escolar faz a diferença?” Políticas educativas na educação de infância e práticas pedagógicas

“Does preschool make a difference?” Educational policies in early childhood education and pedagogical practices

  • Manuela Ferreira Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, Universidade do Porto
  • Catarina Tomás Instituto Politécnico de Lisboa, Escola Superior de Educação CICS.NOVA.UMINHO

Resumo

A identificação de práticas sociopedagógicas tendencialmente reprodutoras da forma escolar, e de currículos de coleção e modos de transmissão pedagógica formais que enfatizam a literacia, a numeracia e a ciência apontam para a reconfiguração da Educação de Infância como contexto de crescente escolarização e alunização precoce das crianças e como estratégia de prevenção socioeducativa do insucesso escolar. Na interlocução entre Sociologia da Infância, Sociologia da Educação e Ciências da Educação, analisa-se o rumo das recentes mudanças políticas da Educação de Infância no quadro internacional e nacional, recuando aos anos 90, e alguns dos seus efeitos ao nível das práticas pedagógicas. A reconstituição deste trajeto assenta na análise crítica de documentos oficiais, nomeadamente as novas Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar (2016), e de observações realizadas em Jardins de Infância, públicos e privados, entre 2015 e 2017, em Portugal.

Palavras-chave: Educação de infância; Políticas educativas; Práticas pedagógicas; Orientações curriculares para a educação pré-escolar

 

Downloads

Dados de Download não estão ainda disponíveis.
Publicado
2018-12-06
Secção
Artigos