Autoeficácia formativa e envolvimento nos processos de aprendizagem de estudantes portugueses maiores de 23 anos

Formative self-efficacy and involvement in the learning processes of Portuguese students older than 23 years

  • Rita Barros RECI - Instituto Piaget
  • Angélica Monteiro CIIE - Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto
  • Cláudia Sousa RECI - Instituto Piaget

Resumo

A aprovação do regime de acesso ao Ensino Superior pela via dos “maiores de 23” constitui um dos principais desafios com que se deparam as Instituições de Ensino Superior (IES) portuguesas, que se traduz na necessidade de construção de respostas educativas tendo em conta a heterogeneidade do seu público. O estudo exploratório aqui apresentado tem por objetivo retratar a autoperceção destes estudantes acerca da sua eficácia formativa e o seu envolvimento académico, em função da idade de ingresso no Ensino Superior, assim como explorar a relação entre estas autoperceções, suas dimensões e idade de ingresso no Ensino Superior. Foram recolhidos dados junto de 55 estudantes de duas IES privadas, através de inquéritos por questionário, os quais foram sujeitos a análises descritivas e de regressão linear. Os resultados mostram que é possível diferenciar dois grupos de estudantes em função da idade, até aos 26 anos e mais, sendo que este último se destaca pelo maior envolvimento académico e pela maior autoperceção de eficácia formativa. A discussão destes resultados, à luz dos referenciais teóricos do desenvolvimento da idade adulta, assume particular relevância para a promoção da equidade de acesso e ingresso no Ensino Superior.

Palavras-chave: Ensino Superior; Autoeficácia formativa; Envolvimento académico

Downloads

Dados de Download não estão ainda disponíveis.
Publicado
2019-06-08
Como Citar
Barros, R., Monteiro, A., & Sousa, C. (2019). Autoeficácia formativa e envolvimento nos processos de aprendizagem de estudantes portugueses maiores de 23 anos. Revista Portuguesa De Educação, 32(1), 140-154. https://doi.org/10.21814/rpe.15651
Secção
Artigos