Escrever para aprender no ensino básico: das conceções dos professores... às práticas dos alunos

  • Mariana Oliveira Pinto Escola Superior de Educação de Lisboa
  • Luísa Álvares Pereira Universidade de Aveiro

Resumo

Este artigo assenta na problemática da escrita como objeto de construção de conhecimentos e acentua a importância de os professores fazerem uma mediação da aprendizagem desta vertente da escrita. O objetivo deste texto é apresentar alguns resultados de um estudo no qual se analisam, num primeiro momento, as conceções e práticas de professores dos três ciclos do ensino básico e, posteriormente, as atividades de seleção de informação e escrita de uma exposição dos alunos de uma turma do 4º ano de escolaridade. Os resultados evidenciam ausência de critérios específicos de avaliação e a utilização de instruções de escrita pouco orientadoras da produção de um determinado (género de) texto por parte dos alunos. Por sua vez, estes revelaram dificuldades quer na seleção de informação, quer na produção do género pedido, já que o texto final apresenta uma colagem de partes de textos lidos, sem qualquer configuração textual regida pelo género.

Palavras-chave: escrever para aprender; exposição escrita; ensino básico; géneros textuais

 

ABSTRACT

This article focuses on the issue of writing as a knowledge construction object and highlights the importance of teacher mediation on the learning of this type of writing. The goal of this text is to present some results from a study that analysed, initially, the conceptions and practices of teachers from each of the three cycles of Portuguese compulsory education (K-1 to K-9), and afterwards, the activities of information selection and of writing an exposition text by students from a fourth grade class (K-4). Results show a lack of specific criteria in evaluating writing and the use of writing instructions that would be insufficient in guiding the students to write a specific text (genre). On the students’ part, they revealed difficulties in both information selection and in the production of the requested genre, since their final text presents a collage of read texts, without the textual configuration required by the genre.

Keywords: write to learn; written exposition; compulsory education; text genre.

 

Downloads

Dados de Download não estão ainda disponíveis.

Biografias do Autor

Mariana Oliveira Pinto, Escola Superior de Educação de Lisboa

Professora Adjunta Convidada da Escola Superior de Educação de Lisboa

Investigadora da Universidade de Aveiro

 

Luísa Álvares Pereira, Universidade de Aveiro
Professora Auxiliar com Agregação na Universidade de Aveiro
Publicado
2016-12-14
Como Citar
Pinto, M., & Pereira, L. (2016). Escrever para aprender no ensino básico: das conceções dos professores. às práticas dos alunos. Revista Portuguesa De Educação, 29(2), 109-139. https://doi.org/10.21814/rpe.7936
Secção
Artigos