Dentro do círculo: sobre teatro e literatura dramática

Autores

  • José Maria Vieira Mendes Escritor e Dramaturgo. Teatro Praga

Resumo

Uma grande tendência nos estudos teatrais divide o teatro em dois tipos: o teatro literário e o teatro não literário. Este ensaio demonstra como essa divisão restringe a forma como olhamos as representações e lemos o drama, mas também como influencia a relação entre ambas as artes, limitando-as a uma narrativa de tensões dentro de um esquema antitético e duplo. Por essa razão, quando dizemos que o teatro é diferente da literatura, esta afirmação é necessariamente acompanhada pela alegação presumivelmente antitética de que o teatro e a literatura são idênticos, como se uma afirmação não pudesse ser compreendida sem a outra. Este ensaio procura uma alternativa à preponderância destas ideias, a fim de escapar à sua autoridade. Seguindo uma certa tradição epistemológica, é possível encontrar uma perspectiva mais ampla, que liberta o teatro e a literatura de uma lógica correlacionista sustentada por um conceito de conhecimento que visa alcançar a certeza e a unanimidade. Através da utilização de uma ideia diferente de conhecimento e de ser, estaremos melhor posicionados para nos encontrarmos e reconhecer a invisibilidade das coisas (seja uma representação, uma peça de teatro ou uma pessoa).

 

TEATRO / DRAMA / ESTUDOS TEATRAIS / CORRELAÇÃO / ONTOLOGIA

Downloads

Publicado

2019-03-19

Como Citar

Mendes, J. M. V. (2019). Dentro do círculo: sobre teatro e literatura dramática. Sinais De Cena, (3), 101–115. Obtido de https://revistas.rcaap.pt/sdc/article/view/17492

Edição

Secção

Estudos aplicados