Discipline as an Essential Factor to the Offer of Professional Education Integrated to High School

Authors

  • Lucas Melgaço Silva Departamento de Fundamentos da Educação, Faculdade de Educação, Universidade Federal do Ceará, Brazil https://orcid.org/0000-0003-4145-4036
  • Maria Isabel Filgueiras Lima Ciasca Departamento de Fundamentos da Educação, Faculdade de Educação, Universidade Federal do Ceará, Brazil https://orcid.org/0000-0002-9166-8887

DOI:

https://doi.org/10.25749/sis.20464

Keywords:

quality in education, discipline, professional education, Ceará

Abstract

Today, the State of Ceará (Brazil) appears on the national and international scene as a reference for educational quality, with reference to the professional education policy integrated with high school. In the academy, it is a consensus that education is related to factors that can define implications of school success or failure. Considering aspects related to the discipline, the research presented here aimed to identify and discuss the presence of this factor for the provision of quality education. For this purpose, a comparative study with a qualitative approach was carried out among 10 professional schools, 5 with more academic success (44 individuals) and 5 with less academic success (39 individuals), based on the results of external evaluations. The study confirms the inevitability of the discipline in the development of pedagogical work, while contributing to scientific and professional training and conceiving theoretical contributions to the construction of new research to improve learning.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Lucas Melgaço Silva, Departamento de Fundamentos da Educação, Faculdade de Educação, Universidade Federal do Ceará, Brazil

Graduação em Pedagogia pela Faculdade de Educação da Universidade Federal do Ceará (Faced/UFC). Mestrado e Doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira (PPGE/UFC). Tutor no curso de Pedagogia a Distância (Faced/UFC). Pesquisador no Grupo de Pesquisa em Avaliação da Aprendizagem (GPAp/UFC). Professor do Sistema Público Municipal de Ensino de Maracanaú/CE. Pesquisa temas na área de educação com foco em avaliação da aprendizagem, formação de professores, educação profissional, tecnologias na educação, alfabetização e letramento, gestão, estrutura e política educacional.

Maria Isabel Filgueiras Lima Ciasca, Departamento de Fundamentos da Educação, Faculdade de Educação, Universidade Federal do Ceará, Brazil

Graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Mestrado em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira (PPGE/UFC). Líder do Grupo de Pesquisa em Avaliação da Aprendizagem (GPAp/UFC). Atualmente é professora Titular da Universidade Federal do Ceará. Tem experiência na área de educação, com ênfase em avaliação de sistemas, instituições, planos e programas educacionais, atuando principalmente nos seguintes temas: avaliação de ensino-aprendizagem, avaliação, alfabetização, educação infantil e formação de professores.

References

ANTUNES, C. (2002). Professor bonzinho = aluno difícil: A questão da indisciplina em sala de aula. Petrópolis, Brasil: Vozes.

BARDIN, L. (2011). Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70.

BRASIL. (2017). Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular – BNCC. (4ª versão). Brasília, Brasil: Ministério da Educação.

CEARÁ. (2014). Governo do Estado do Ceará. Secretaria da Educação. Coordenadoria de Educação Profissional. Relatório de gestão: O pensar e o fazer da educação profissional no Ceará – 2008 a 2014. (1ª Edição). Fortaleza, Brasil: Secretaria da Educação.

Lei nº 14.146/08, de junho de 2008. Diário Oficial de 30.06.08. Fortaleza, Brasil: Governo do Estado do Ceará/Assembleia Legislativa do Estado do Ceará.

CRESWELL, J. W. (2007). Projeto de pesquisa: Métodos qualitativos, quantitativos e erros. (2ª Edição). Porto Alegre, Brasil: Artmed.

DOURADO, L. F., & OLIVEIRA, J. F. (2009). A qualidade da educação: Perspectivas e desafios. Cadernos Cedes, 29(78), 201-215. Retirado de: https://www.scielo.br/pdf/ccedes/v29n78/v29n78a04.pdf

FREIRE, P. (1979). Educação e Mudança. (12ª Edição). Rio de Janeiro, Brasil: Paz e Terra.

FREIRE, P. (2019). Pedagogia da autonomia: Saberes necessários à prática educativa. (62ª Edição). Rio de Janeiro/São Paulo, Brasil: Paz e Terra.

GARCIA, J. A. (2013). Indisciplina e seus impactos no currículo escolar. Nova Escola. (ed. 261). Retirado de: https://novaescola.org.br/conteudo/553/a-indisciplina-e-seus-impactos-no-curriculo-escolar1

GIL, A. C. (1999). Métodos e técnicas de pesquisa social. (5ª Edição). São Paulo, Brasil: Atlas.

GIL, A. C. (2008). Como projetos de pesquisa elaborados. (6ª Edição). São Paulo, Brasil: Atlas.

INTERDISCIPLINARIDADE E EVIDÊNCIAS NO DEBATE EDUCACIONAL, FUNDAÇÃO LEMANN, INSTITUTO UNIBANCO & ITAÚ BBA. (2019). Excelência com equidade no Ensino Médio: A dificuldade das redes de ensino para dar um suporte efetivo às escolas. São Paulo, Brasil: Fundação Lemann.

LEÃO, D. S. S. (2019). Avaliação da proposta da aprendizagem cooperativa como estratégia teórico-metodológica para melhorar o ensino-aprendizagem: Estudo de caso em uma escola estadual de educação profissional do Ceará. (Tese de doutorado). Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, Brasil.

LÜDKE, M., & ANDRÉ, M. (2013). Pesquisa em educação: Abordagens qualitativas. (2ª Edição). São Paulo, Brasil: EPU.

MARCONI, M. A., & LAKATOS, E. M. (2003). Fundamentos de metodologia científica. (5ª Edição). São Paulo, Brasil: Atlas.

OCDE – ORGANIZAÇÃO PARA A COOPERAÇÃO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO. (2019). Brazil - Country Note - PISA 2018 Results. Programme for International Student Assessment (PISA). Retirado de: https://www.oecd.org/pisa/publications/PISA2018_CN_BRA.pdf

OLIVEIRA, C. L., & MÜLLER, A. J. (2018). A indisciplina na escolar: Desafios e transformações. Revista Educere Et Educare, 13(29), 1-15. doi: https://doi.org/10.17648/educare.v13i29.15756

RUDIO, F. V. (2014). Introdução ao projeto de pesquisa científica. (42ª Edição). Petrópolis, Brasil: Vozes.

TRIVIÑOS, A. N. S., & SOARES, S. (1987). Introdução à pesquisa em ciências sociais. São Paulo, Brasil: Atlas.

VASCONCELLOS, C. S. (2015). Indisciplina e disciplina escolar: Fundamentos para o trabalho docente. (1ª Edição). São Paulo, Brasil: Cortez.

Published

2021-02-26