Protocolo de intervenção à Pessoa com Asma/ DPOC na Unidade de Cuidados na Comunidade de Santarém

Autores

  • Dina Bernardino Instituto Politécnico da Lusofonia
  • Catarina Tavares ARSLVT, ACES Lezíria, UCC Santarém, Portugal
  • Luís Galache ARSLVT, ACES Lezíria, UCC Santarém, Portugal
  • Sara Costa ARSLVT, ACES Lezíria, UCC Santarém, Portugal
  • Sónia Canhão ARSLVT, ACES Lezíria, UCC Santarém, Portugal
  • Manuela Vieira ARSLVT, ACES Lezíria, UCC Santarém, Portugal
  • Marta Rosa Instituto Politécnico de Santarém http://orcid.org/0000-0003-0916-0564

DOI:

https://doi.org/10.25746/ruiips.v9.i1.24843

Palavras-chave:

DPOC, Empowerment, Enfermagem de Reabilitação, Reabilitação Respiratória

Resumo

Em Portugal as Doenças Respiratórias Cronicas são uma das principais causas de morbilidade e mortalidade, com tendência para aumento da sua prevalência. O Protocolo de Reabilitação Respiratória na Unidade de Cuidados na Comunidade de Santarém perspetiva efeitos benéficos na qualidade de vida das pessoas com esta patologia e na utilização dos serviços de saúde. Projetado segundo a Metodologia do Planeamento em Saúde, decorreu durante o ano de 2019 e primeiro trimestre de 2020, com as atividades diagnósticas. As atividades diagnósticas identificam um grupo alvo de 2445 pessoas, com os diagnósticos médicos de Asma/ DPOC com possível necessidade de cuidados de reabilitação respiratória. A limitação física característica da doença são uma preocupação, assim como a adesão/ gestão do regime terapêutico e a própria adesão à reabilitação respiratória. Assim, propomo-nos demonstrar a importância do Protocolo de Reabilitação Respiratória das pessoas com Asma/ DPOC, com vista ao seu empowerment.

Downloads

Publicado

2021-06-21