Recomendações para o Tratamento da Dor Aguda Pós-Operatório em Cirurgia Ambulatória

  • Paula Sarmento Assistente Hospitalar Graduada de Anestesiologia, Coordenadora da Cirurgia Ambulatória do Centro Hospitalar Entre o Douro e Vouga - Sta. Mª da Feira
  • Cristiana Fonseca Assistente Hospitalar de Anestesiologia, Centro Hospitalar do Alto Ave - Guimarães
  • Ana Marcos Assistente Hospitalar Graduada de Anestesiologia, Coordenadora da Cirurgia Ambulatória, Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho
  • Manuela Marques Assistente Hospitalar Graduada de Anestesiologia, Centro Hospitalar Póvoa do Varzim/Vila do Conde
  • Paulo Lemos Assistente Hospitalar Graduada de Anestesiologia, Centro Hospitalar do Porto
  • Vicente Vieira Assistente Hospitalar de Anestesiologia, Diretor do Serviço de Anestesiologia do Hospital de Braga
Palavras-chave: dor aguda pós-operatória, analgesia perioperatória, cirurgia ambulatória, recomendações

Resumo

 

O controlo da Dor aguda Pós-operatória é um dos aspetos mais importantes, para a obtenção de resultados de qualidade no âmbito da cirurgia de ambulatório. Apesar de todos os avanços farmacológicos e tecnológicos, a dor permanece como o sintoma pós-operatório mais vezes referido, sendo a primeira causa de readmissão após cirurgia de ambulatório, podendo ainda representar um obstáculo à expansão da C.A. quando se equacionam a inclusão de procedimentos cirúrgicos mais complexos.

O objetivo deste trabalho é tornar estas recomendações numa ferramenta de aplicação simples e prática a ser utilizada e adequada a cada Unidade de Cirurgia de Ambulatório, no sentido de aumentar a eficiência deste regime cirúrgico e a satisfação dos doentes.

Estas recomendações resultam do trabalho conjunto de 17 Anestesiologistas Portugueses, provenientes de Hospitais com diversas realidades na prática da cirurgia ambulatória em Portugal.

A primeira reunião de consenso, baseou-se na apresentação e discussão de todos os protocolos de analgesia pós-operatória das várias instituições representadas no grupo de trabalho. Esta análise mostrou-se um ponto de partida para o consenso quanto a estas recomendações e também permitiu a deteção das lacunas existentes na legislação o que levou a que um dos subgrupos de trabalho estudasse uma proposta de alteração à lei.

Em várias reuniões subsequentes foi feita a análise e discussão pormenorizada do tema, recorrendo sempre à evidência científica mais recente publicada e nas questões onde não se encontrou evidência foram propostos protocolos, registada opinião e os respetivos autores.

As conclusões das várias reuniões foram posteriormente divulgadas e novamente discutidas em reuniões mais abrangentes, nomeadamente no Congresso Ibérico da APCA (Associação Portuguesa de Cirurgia Ambulatória).

Downloads

Dados de downloads ainda não estão disponíveis.
Publicado
2013-04-01
Como Citar
Sarmento, P., Fonseca, C., Marcos, A., Marques, M., Lemos, P., & Vieira, V. (2013). Recomendações para o Tratamento da Dor Aguda Pós-Operatório em Cirurgia Ambulatória. Revista Da Sociedade Portuguesa De Anestesiologia, 22(2), 35-43. https://doi.org/10.25751/rspa.3531
Secção
Artigo de Consenso