A Reconfiguração de Aulas no Período Pandêmico

Percepções de Professores das Escolas Públicas de Ensino do Estado do Paraná - Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.25755/int.21064

Resumo

Este artigo traz uma pesquisa realizada com professores e professoras que atuam na rede pública do Estado do Paraná - Brasil. Nossa questão de pesquisa baseou-se sobre quais fatores de impactos que os professores perceberam ao desenvolverem suas atividades em formato remoto no período de pandemia. Realizamos a pesquisa de natureza qualitativa com 218 professores por meio de questionário estruturado no google forms que teve como objetivo geral analisar as percepções dos professores em relação às atividades desenvolvidas no ensino remoto no primeiro semestre de 2020. Optamos por destacar e analisar para este artigo as percepções dos professores vinculadas a: aulas presenciais e aulas on-line e a necessidades de formação continuada. Concluímos que não só emergiram os impactos em relação aos componentes do entendimento de suas aulas presenciais e remotas, como também a necessidade de sua formação continuada. Os professores e professoras do Estado do Paraná, ao fazerem esforço para trilhar caminhos novos no referido período, tiveram consciência dos impactos referentes ao  seu trabalho, como: a busca  de qualidade, busca de equidade, valorização do ser humano, ponderação sobre a melhor metodologia para usar as tecnologias, bem como a necessidade da criação de redes de diálogos na cibercultura.

Biografias Autor

Glaucia Brito, Universidade Federal do Paraná

Professora e Pesquisadora na graduação de Comunicação Social e na Pós-Graduação em Educação  da Universidade Federal do Paraná. Curitiba, Paraná, Grupo de Estudos e Pesquisas Professor, Escolas e Tecnologias Educacionais (GEPPETE)/UFPR.

Rua General Carneiro, 460 – 2º andar - Campus Reitoria – Setor de Educação – Universidade Federal do Paraná- Curitiba CEP 80060-150    Brasil.

E-mail: glaucia@ufpr.br.

https://orcid.org/0000-0003-3874-4323

Felippie Anthonio Fediuk de Morais, Universidade Federal do Paraná

Felippie Anthonio Fediuk de Morais

Mestrando em Educação, linha de pesquisa: Cultura, Escola e Ensino – Universidade Federal do Paraná. Bolsista CAPES/PROEX. Grupo de Estudos e Pesquisas Professor, Escolas e Tecnologias Educacionais (GEPPETE)/UFPR.

Rua General Carneiro, 460 – 2º andar - Campus Reitoria – Setor de Educação – Universidade Federal do Paraná- Curitiba CEP 80060-150    Brasil.

E-mail:  felippie.morais@gmail.com.

https://orcid.org/0000-0001-8059-845

Marlon de Campos Mateus , Universidade Federal do Paraná

Doutorando em Educação pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e Mestre em Educação pela UFPR (2016), dedica-se em pesquisas em educação e tecnologia. É professor de Língua Portuguesa na rede pública estadual de ensino do Estado do Paraná, atualmente é Coordenador de Educação a Distância da Diretoria de Educação da Secretaria de Estado da Educação do Paraná (SEED-PR). Possui experiência na Educação Básica, anos iniciais e finais do Ensino Fundamental, Ensino Médio e Educação Especial. Possui graduação em Letras (2006) e Especialização em Educação Especial (2007)

Downloads

Publicado

2020-12-30

Como Citar

da Silva Brito, G. ., Garcia, M., Fediuk de Morais, F. A. ., & de Campos Mateus , M. . (2020). A Reconfiguração de Aulas no Período Pandêmico: Percepções de Professores das Escolas Públicas de Ensino do Estado do Paraná - Brasil. Interacções, 16(55), 186–206. https://doi.org/10.25755/int.21064