Health gains of users assisted by the integrated continuous care team

  • Nísia Matos UCC Tarouca, ACES Douro Sul, Lamego, Portugal
  • Sandra Rodrigues UCC Tarouca, ACES Douro Sul, Lamego, Portugal
  • Estela Almeida UCC Tarouca, ACES Douro Sul, Lamego, Portugal
  • Carlos Almeida Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde, Viseu, Portugal
  • Rúben Ribeiro Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde, Viseu, Portugal
Keywords: users, home care, autonomy

Abstract

Introduction: Self-care and autonomous daily living activities were identified in the community care practices which led to significant health gains. 

Objectives: Analyze the health gains of users assisted by the Tarouca Integrated and Continuous Care Team (ICCT). 

Methods: The quantitative, descriptive and cross-sectional study was developed with 149 users, most of whom (61.5%) are 65 or older, 52.4% are male and were integrated in the Integrated and Continuous Care Team of Tarouca (ICCT). 

Validated scales were used to assess dependency and functionality on admission and discharge to users. Data collection was carried out during the month of May 2019, by consulting the individual files of the users admitted to the unit. 

Results: Most users achieved health gains: 62% in autonomy, functionality and activities of daily living; 72% scored independently in basic life activities; 70.3% maintained functionality; 87.5% achieved gains in balance and gait and 60% had gains in pain control. 

Conclusions: In the elderly, the promotion of autonomy and independence are strongly related to quality of life, hence the importance of its assessment. The results show that there have been gains in health and gains in autonomy in the target population of the intervention of the ICCT of Tarouca. 

References

Azevedo, M. F. F. (2007). Cuidar da mãe e do filho, contributos dos cuidados de enfermagem, nos primeiros dias após o nascimento (Dissertação de mestrado, Universidade do Porto). Acedido em https://repositorio-aberto.up.pt/bitstream/10216/7174/2/cuidar%20da%20me%20e%20do%20filhocontributos%20dos%20cuidados%20de%20enfermagem.pdf

Decreto-Lei n.º 8/2010 (2010, janeiro 28). Cria um conjunto de unidades e equipas de cuidados continuados integrados de saúde mental, destinado às pessoas com doença mental grave de que resulte incapacidade psicossocial e que se encontrem em situação de dependência [Portugal]. Diário da República, 1(19), 257-263. Acedido em https://dre.pt/pesquisa/-/search/616776/details/maximized

Diogo, M. J. D. (2000). O papel da enfermeira na reabilitação do idoso. Revista Latino-Americana de Enfermagem, 8(1), 75-81.

Duarte, J. (2007). Glossário de comunicação pública. Brasília: Casa das Musas.

Hoeman, S. P. (2000). Bases conceptuais da enfermagem de reabilitação. In Enfermagem de reabilitação: Processo e aplicação (2ª ed., cap. 1, pp. 3-22). Lisboa: Lusociência.

Hoeman, S. P. (2000). Enfermagem de reabilitação: Processo e aplicação (2ª ed.). Loures: Lusociência.

Lemos, N., & Medeiros, S. L. (2002). Suporte social ao idoso dependente. In E. V. Freitas, L. Py, A. L. Neri, F. A. X. Cançado, M. K. Gorzoni, & S. M. Rocha, S. M. (Editores.), Tratado de geriatria e gerontologia (pp. 892-897). Rio de Janeiro: Guanabara Koogan.

Ordem dos Enfermeiros (2012). Padrões de qualidade dos cuidados de enfermagem: Enquadramento conceptual, enunciados descritivos. Lisboa: Ordem dos Enfermeiros. Acedido em https://www.ordemenfermeiros.pt/media/8903/divulgar-padroes-de-qualidade-dos-cuidados.pdf

Organização Mundial da Saúde (2015). Relatório mundial de envelhecimento e saúde. Genebra: Organização Mundial da Saúde. Acedido em https://apps.who.int/iris/bitstream/handle/10665/186468/WHO_FWC_ALC_15.01_por.pdf?sequence=6

Portugal, Ministério da Saúde. Direcção-Geral da Saúde, Divisão de Doenças Genéticas, Crónicas e Geriátricas. (2006). Programa nacional para a saúde das pessoas idosas. Lisboa: DGS. Acedido em https://www.dgs.pt/documentos-e-publicacoes/programa-nacional-para-a-saude-das-pessoas-idosas-pdf.aspx

Published
2020-06-23
Section
Life and Healthcare Sciences