A Vida… Vista pelos Idosos

  • R. Martins
  • A. I. Andrade
  • M. L. Rodrigues

Abstract

Envelhecemos de acordo com o que vivemos e muito da compreensão e explicação possíveis para o que somos na idade avançada reside na própria história de vida de cada um, tal como cada um a conta e com o significado que em cada momento lhe atribui. O indivíduo está sujeito às representações dominantes da sociedade e é nesse enquadramento que ele pensa ou exprime os seus próprios sentimentos. As representações que os idosos têm da sua própria vida diferem segundo múltiplos factores, podendo ser positivas ou negativas.
Conscientes desta pluralidade de percepções e da importância que estas têm sobre a qualidade de vida das pessoas idosas, procurámos identificar os sentimentos dos idosos sobre a vida actual, sobre o futuro e as necessidades por eles sentidas, em função do local de residência. Trata-se de um estudo epidemiológico transversal de tipo descritivo e correlacional que integrou uma amostra de 673 idosos, residindo 336 no seu domicílio e 337 em instituições.

References

• Carmel, S. (2001). The will to live gender differences among elderly persons. Social Science and Medicine. 52. Pp. 949-958.

• Gaullier, Xavier (2001). Pour un new deal entre générations: travail, formation, retraite: mutation des âges et recherches de solidarités. Esprit. 246. Pp. 5‐44.

• Miranda, J. R; Miranda, L. A. (1998). As representações que o enfermeiro tem do idoso. Rev. Sinais Vitais, 19. Pp. 21‐25.

• Netto, Mathews P. (2000). Gerontologia: a velhice e o envelhecimento em visão globalizada. São Paulo: Atheneu.

• Paschoal, S. M. P. (2002). Qualidade de vida na velhice. In FREITAS, Elisabete Viana de [et al.] ‐ Tratado de Geriatria e Gerontologia. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. Pp. 78‐84.

• Radwanski, M. B. & Hoeman, S. P. (2000). Enfermagem de reabilitação geriátrica. In Hoeman, Shirley ‐ Enfermagem de reabilitação: processo e aplicação. Lisboa: Lusociência, 2000.

• Reis, J. R., José (2001). Para um prolongamento da esperança de vida e saúde no novo milénio. Geriatria. Ano XIII: N.º 127 (Out 2001). Lisboa.

• Santos, P. L. D. F. C. (2000). A depressão no idoso: estudo da relação entre factores pessoais e situacionais e manifestações da depressão. Coimbra: Quarteto.

• Silva, Madalena G. (1998). Apoio domiciliário ao idoso. Geriatria. Ano XI, 11 (106). (Setembro 1998). Lisboa. Pp. 16‐17.

Published
2016-02-03
Section
Articles