Avaliação de Diferentes Adubações na Cultura da Vinagreira (Hibiscus sabdariffa, L.)

  • M. O. Sousa
  • R. Boyle
  • J. Bonito

Abstract

desenvolvimento da planta de vinagreira (Hibiscus sabdariffa L.), produzida com diferentes adubações. O experimento teve duração de 120 dias e constou de seis tratamentos T1: Esterco Bovino; T2: Esterco de Ave; T3: NPK (4-14-8); T4: NPK (4-14-8) + cobertura de N; T5: NPK (4-14-8) + cobertura de K; T6: NPK (4-14-8) + cobertura de N e K. A semeadura foi realizada em 13/12/2008, sendo utilizadas bandejas de isopor de 128 células. Foi utilizada uma semente por célula. A irrigação das bandejas foi feita diariamente. A germinação teve início três dias após o plantio (DAP). Aos vinte e dois dias após a semeadura, foram avaliados a altura da planta (AP), a quantidade de frutos por plantas (QFP), matéria seca e matéria verde (MS/MV). Pode concluir-se que as adubações testadas induziram efeitos significativos, destacando-se o T4 que demonstra melhor resultado quando comparado aos demais tratamentos.

References

• Blanco, R. A. (2009). Jardim de flores. Retirado em Janeiro 10, 2009,

a partir de www.jardimdeflores.com.br

• Cardoso, M. O. (Coord.) (1997). Hortaliças não-convencionais da Amazônia. Brasília: Embrapa-SPI.

• Espilona, H., Adriolo, J., & Bartz, H. (2001). Acúmulo e repartição da matéria seca da planta de pepino tipo conserva sob três doses de nutrientes minerais. Ciência rual, 31(3), 387-392.

• Freitas, L.A.S. (2000). Geografia e história de Roraima. Boa Vista: Editora Ver.

Published
2016-02-03
Section
Articles