Fracture of the upper end of the elderly in femur

  • Rosa Martins
  • Maria Fernanda Pereira Mesquita
Keywords: elderly, functional disability, fractures, femur

Abstract

ct Fractures of the upper end of the femur, when they arise in the Elderly, represent a serious public health problem, causing suffering and high disability. Thus the present study aimed to identify the functional disability caused by this disease in the elderly and verify the extent to which sociodemographic, clinical and psychosocial variables affect disability. This is a quantitative, cross-sectional, descriptive/correlational study, which used a non-probability sample consisting of 60 elderly from the municipality of Viseu who had suffered a fracture of the upper end of the femur for more than 6 months ago. The measuring instrument used was part of an questionnaire built for this purpose, a Family Apgar Scale and the Modified Barthel Scale. The results showed that 40% of older people are independent, 21.7% had moderate dependence and 38.3% had severe dependence. We found also that the younger elderly (p = 0.01), married (p = 0.006), with higher education level (p = 0.002), with higher monthly incomes (p = 0.017), with informal support (p = 0.003) and conducting ongoing rehabilitation programs (p = 0.002) were those who had greater functional capacity Conclusions: The evidence found in this study shows that the resulting functional disability of fractures of the upper end of the femur, in the elderly, has different levels of dependence and support the multiple factors that can affect this dependence.

References

• Andrade, A. & Martins, R. (2011). Funcionalidade familiar e qualidade de vida dos idosos. Millenium, 40, 185‐199. Acedido a 22 de Março de 2012 em <http://www.ipv.pt/millenium/Millenium40/13.pdf>.

• Andrade, F. M. M. (2009). O Cuidado informal à pessoa idosa dependente em contexto domiciliário: Necessidades educativas do cuidador principal. Braga: Instituto de Educação e Psicologia, Universidade do Minho.

• André, C. (2006). Manual de AVC. Rio de Janeiro: Revinter.

• Cunha, C., Monteiro, E., Ribeiro, G., Amaral, M. & Martins, T. (2007). A importância da enfermagem de reabilitação no cuidar de idosos. (Trabalho de Investigação de pós-licenciatura de Especialização em Enfermagem de Reabilitação). Viseu: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu.

• Espadaneira, R. (2008). Diferentes formas de envelhecer. Acedido a 22 de Março de 2012 em <http://www.ajudas.pt/notVer.asp?ID=2570>.

• Freemont, A. J. (2003). Connective tissue disease. In H. Fillit, K. Rockwood & K. Woodhouse, Geriatric medicine and gerontology. (6ª ed.), pp. 905-912). Edinbur: Churchil Livingstone. Acedido a 22 de Março de 2012 em: <http://www.eu.elsevierhealth.com/isbn/9781416062318/Medicine/Brocklehursts-Textbook-of-Geriatric-Medicine-and-Gerontology/Fillit-Rockwood-and-Woodhouse>. • Guimarães, L., Galdino, D. C. A. & Martins, F. L. M. (2004). Avaliação da capacidade funcional de idosos em tratamento fisioterapêuticos. Revista Neurociências, 12(35), 130-133. Acedido a 22 de Março de 2012 em: <https://www.google.pt/webhp?sourceid=chrome-instant&ion=1&espv=2&ie=UTF8#q=avalia%c3%a7%c3%a3o%20da%20capacidade%20funcional%20de%20idosos%20em%20tratamento%20fisioterap%c3%aauticos.%20revista%20neuroci%c3%aancias>.

• Instituto Nacional de Estatística. (2011). Censos 2011: Resultados provisórios. Lisboa: INE.

• Marques, S., Rodrigues, R. & Kusumota, L. (2006). Os idosos após acidente vascular cerebral: Alterações no relacionamento familiar. Revista Latino Americana de Enfermagem, 14(3), 364-371.

• Martins, M. M. & Fernandes, C. S. (2009). Percurso das necessidades em cuidados de enfermagem nos clientes submetidos a artroplastia da anca. Revista Referência, 2(11), 79-91. Acedido a 22 de Março de 2012 em: <http://www.esenfc.pt/rr/index.php?module=rr&target=publicationDetails&pesquisa=&id_artigo=2155&id_revista=4&id_edicao=31>.

• Martins, R. M. L. (2009). Envelhecimento e multiculturalidade. In J. C. R. Lopes, M. C. Santos, M. S. D. Matos & O. P. Ribeiro (Coords.). Multiculturalidade: Perspectivas da enfermagem, contributos para melhor cuidar (Cap. 4, pp. 221-226). Loures: Lusociência.

• Martins, R. M. L. & Santos, A. C. A. (2008). Ser idoso hoje. Millenium, 35. Acedido a 22 de Março de 2012 em: <http://www.ipv.pt/millenium/Millenium35/8.pdf>.

• Organização Mundial da Saúde. (2008). Relatório mundial de saúde 2008. Cuidados de saúde primários. Agora mais que nunca. Acedido a 22 de Março de 2012, em: <http://www.who.int/whr/2008/whr08_pr.pdf>.

• Pavarini, S. C. I., Luchesi, B. M., Fernandes, H. C. L., Mendiondo, M. S. Z., Filizola, C. L. A. & Barham, E. J. (2008). Genograma: Avaliando a estrutura familiar de idosos de uma unidade de saúde da família. Rev. Eletr. Enf., 10(1), 39-50. Acedido a 22 de Março de 2012 em: <http://www.fen.ufg.br/fen_revista/v10/n1/v10n1a04.htm>.

• Pereira, S. R. M. (2003). Repercuções sócio-sanitárias da “epidemia” das fraturas do fémur sobre a sobrevivência e a capacidade funcional do idoso. (Tese de Doutoramento). Rio de Janeiro: Escola nacional de Saúde Pública. Acedido a 22 de Março de 2012 em: <http://teses.icict.fiocruz.br/pdf/pereirasrmd.pdf>.

• Rebelatto, J. R. & Morelli, J. G. S. (2011). Fisioterapia geriátrica: A prática de assistência ao idoso. (2ª ed.). São Paulo: Manole.

• Regulamento n.º 125/2011. Diário da República, 2ª série, n.º 35, de 18 de Fevereiro de 2011. Disponível em:

<http://www.arsalgarve.min-saude.pt/portal/?q=node/3013>.

• Ribeirinho, O. (2005). Envelhecer em Portugal: Quando o cuidador é um homem, envelhecimento e orientação para o cuidado. In C. Paúl & A. M. Fonseca (Coords.). Envelhecer em Portugal: Psicologia, saúde e prestação de cuidados (pp. 235-258). Lisboa: Climepsi.

• Salmela, M., Aronen, E.T. & Salantera, S. (2010).The experience of hospital-related fears of 4- to 6-year-old children. Child: Care, Health & Development, 37(5), 719-726.

• Santos, A. A. & Pavarini, S. C. (2011). Funcionalidade familiar de idosos com alterações cognitivas em diferentes contextos de vulnerabilidade social. Revista Electrónica Enfermagem, 13(2), 361-367. Acedido em a 22 de Março de 2012 em: .

• Sérgio, J. S. (2005). Fundamentos de orto-traumatologia, para técnicos de saúde. Loures: Lusodidacta.

• Serra, L. M. A. (2011). Critérios fundamentais em fraturas e ortopedia (2ª ed.). Lisboa: Lidel.

• Tapadinhas, M. et al. (2006). Utilização do componente acetabular impactado por pressão com polietileno altamente reticulado na artroplastia total da anca. Estudo preliminar de 116 casos com um seguimento mínimo de 3 anos. Revista Portuguesa de Ortopedia e Traumatologia, 14(1), 34.

• Tinetti, M. E. & Williams, C. S. (2007). Falls, injuries to falls, and the risk of admission to a nursing home. New England Journal of Medicine, 337(18), 1279-1284. Acedido a 22 de Março de 2012 em <http://www.nejm.org/doi/pdf/10.1056/NEJM199710303371806>.

Published
2016-07-04
Section
Articles