A serenidade por que elas anseiam nos intervalos da respiração em A Morte e a Donzela, de Elfried Jelinek

  • Anabela Mendes

Resumo

A serenidade por que elas anseiam nos intervalos da respiração em A Morte e a Donzela, de Elfried Jelinek

Publicado
2019-03-19
Como Citar
Mendes, A. (2019). A serenidade por que elas anseiam nos intervalos da respiração em A Morte e a Donzela, de Elfried Jelinek. Sinais De Cena, (3), 130-139. Obtido de https://revistas.rcaap.pt/sdc/article/view/17494
Secção
Estudos aplicados