AS CONCEÇÕES DOS EDUCADORES DE INFÂNCIA SOBRE A EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS NO CONTEXTO DE CRECHE

Autores

  • Inês Oliveira
  • Marisa Correia

DOI:

https://doi.org/10.25746/ruiips.v3.i6.14396

Resumo

A educação em Ciências desde os primeiros anos é hoje consensualmente defendida por especialistas da área, como forma de estimular e promover não só conhecimento nas crianças mas também o interesse por tudo o que as rodeia. Todavia, a exploração de temas científicos não tem tido o merecido destaque na creche. O presente estudo procurou assim identificar e caracterizar as conceções dos educadores de infância acerca da educação em ciências, em contexto de creche, e dar a conhecer os principais obstáculos com que estes profissionais de ensino se deparam quando implementam atividades de ciências. Para o efeito, optou-se por uma metodologia de natureza qualitativa recorrendo a um estudo de casos múltiplos. A técnica de recolha de dados utilizada foi a entrevista estruturada, realizada a cinco educadoras que exerciam funções em três instituições particulares do distrito de Santarém. Foi evidente a importância que as educadoras atribuem à realização de atividades de ciências nos primeiros anos. Contudo, os resultados desta pesquisa indicam que as educadoras realizam atividades pouco variadas, por não se sentirem confiantes na promoção de tarefas relacionadas com as ciências, o que remete para a falta de formação.

Palavras-chave: Conceções; educador de infância; creche; educação em ciências.

Downloads

Edição

Secção

Artigos