PROMOÇÃO DA CAPACIDADE DA MULHER PARA GERIR O CORPO NO PUERPÉRIO: UMA SCOPING REVIEW

  • Patrícia Fialho Hospital de Vila Franca de Xira, Portugal
  • Vânia Antunes Hospital de Santo André - Leiria
  • Cláudia Madeira Hospital Distrital de Santarém
  • José Amendoeira Instituto Politécnico de Santarém, Coordenador da Unidade de Monitorização de Indicadores em Saúde, Investigador da UI_IPS, Investigador integrado no CIIS_UCP, Investigador colaborador do CIEQV, Portugal
Palavras-chave: Cuidados de Enfermagem, Imagem corporal, Participação da Pessoa, Puerpério

Resumo

Atualmente, a imagem corporal assume importância crescente, com maior evidência no puerpério. O enfermeiro surge como elemento promotor do empoderamento da mulher para a gestão do seu corpo. Neste sentido, realizou-se uma scoping review, com objetivo de identificar intervenções de enfermagem capacitadoras da gestão do corpo pela mulher no puerpério. Foi desenvolvida segundo protocolo do Joanna Briggs Institute, sendo a pesquisa efetuada nas plataformas EBSCO, PubMed, Scielo e Proquest, por artigos publicados entre 2014-2019. Através do recurso ao PRISMA®, dos 10 artigos identificados, 3 foram incluídos na revisão. Destaca-se a importância da participação da puérpera nos cuidados para a gestão do corpo. O enfermeiro deve incentivar a participação da mulher na gestão da imagem corporal, através do estabelecimento duma relação terapêutica, com foco na educação para a saúde, que lhe permita gerir alterações corporais durante a gestação e pós-parto. O envolvimento do companheiro em todo o processo é essencial.

Publicado
2020-04-12