Impacto do confinamento devido à pandemia COVID-19 na satisfação com o trabalho: um caso português

Autores

DOI:

https://doi.org/10.25746/ruiips.v9.i2.26407

Palavras-chave:

satisfação com o trabalho, profissão, rendimento, pandemia COVID-19

Resumo

A satisfação com o trabalho refere-se a um sentimento positivo relativamente às características do trabalho, sendo um importante fator no sucesso de uma organização. O presente trabalho pretendeu aferir se a pandemia COVID-19 influenciou a satisfação com o trabalho em trabalhadores portugueses. Os dados foram recolhidos por meio de um questionário online, antes do primeiro confinamento (PreC) e após o último confinamento (PosC) devido a esta pandemia (n=288 e 245 nos períodos PreC e PosC, respetivamente). Observou-se um aumento significativo da satisfação com o trabalho após o último confinamento (valores médios no período PreC e PosC de 6.6 e 7.0, respetivamente p=0.010), o que poderá resultar da predominância de mulheres em ambas as amostras e idades inferiores a 50 anos. Não foram observadas diferenças significativas na satisfação com o trabalho entre diferentes tipos de profissões, em ambas as amostras. Análises de correlação mostraram que o rendimento mensal está positivamente relacionado com a satisfação com o trabalho. Os resultados deste estudo sugerem que para um mesmo nível de rendimento o tipo de profissão não influencia a satisfação com o trabalho.

Capa: Impacto do confinamento devido à pandemia COVID-19 na satisfação com o trabalho: um caso português

Downloads

Publicado

2021-12-31