PROJETO YOUR PEL- DESAFIOS EM LITERACIA PARA A SAÚDE NOS JOVENS

  • Celeste Godinho Instituto Politécnico de Santarém, Investigadora da UIIPS, Unidade de Monitorização de Indicadores em Saúde, Portugal
  • Maria do Carmo Figueiredo Instituto Politécnico de Santarém, Investigadora da UI_IPS, Investigadora do Centro de Investigação em Tecnologia e Serviços de Saúde, Unidade de Monitorização de Indicadores em Saúde, Portugal
  • Clara André Instituto Politécnico de Santarém, Investigadora da UIIPS, Unidade de Monitorização de Indicadores em Saúde, Portugal
  • Ana Spínola Instituto Politécnico de Santarém, Investigadora da UIIPS, Unidade de Monitorização de Indicadores em Saúde, investigadora integrada no CINTESIS|UP, investigadora colaboradora do CEMRI|Uab, Portugal
  • Hélia Dias , Instituto Politécnico de Santarém, Investigadora da UIIPS, Unidade de Monitorização de Indicadores em Saúde, investigadora integrada no CINTESIS|UP Portugal
  • José Amendoeira Instituto Politécnico de Santarém, Coordenador da Unidade de Monitorização de Indicadores em Saúde, Investigador da UI_IPS, Investigador integrado no CIIS_UCP, Investigador colaborador do CIEQV, Portugal
  • Manuela Ferreira Instituto Politécnico de Viseu
  • José Carlos Quaresma Instituto Politécnico de Leiria
  • Filipe Madeira Instituto Politécnico de Santarém, Investigador da UIIPS, Unidade de Monitorização de Indicadores em Saúde, Portugal
  • Jusoé Duarte Instituto Politécnico de Santarém, Bolseiro de Investigação, Portugal
Palavras-chave: Avaliação em saúde, Escalas, Estilo de vida saudável, Literacia para a saúde, Promoção da saúde

Resumo

A promoção da literacia em saúde e o desenvolvimento de estratégias facilitadoras de escolhas informadas integram, na atualidade, um paradigma fundamental nos processos de capacitação dos jovens. Tais premissas são enquadradoras do presente artigo, pretendendo-se partilhar a operacionalização, monitorização e divulgação do projeto “Your PEL”. Da metodologia destaca-se a construção da escala Your PEL, como instrumento de avaliação de impacto dos programas de educação para a saúde, e de um sítio web responsivo integrando diversas funcionalidades. Os resultados em saúde, decorrentes de um programa com recurso a uma plataforma web e a possibilidade de avaliação de necessidades e do impacto do programa de intervenção, consagrou-se num exemplo de boas práticas no empowerment dos jovens. O projeto contribuiu para o conhecimento científico e tecnológico, pela valorização regional e nacional, numa lógica de translação do conhecimento, com a finalidade de ajudar esta geração a atingir a plenitude do seu potencial de saúde.

Publicado
2020-04-12