Inversões térmicas noturnas com estrato quente nos níveis baixos da atmosfera:

contrastes térmicos significativos na Demarcação Hidrográfica do rio Segura (2011-2020)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18055/Finis24940

Resumo

O sudeste da península ibérica (Espanha) caracteriza-se por uma importante recorrência temporal de processos noturnos de inversão térmica (ITN), principalmente devido ao grande número de dias de céu limpo ao longo do ano. A região hidrográfica do Rio Segura (DHS) tem uma diferença de altitude de 2100m em 150km, com áreas de vale que alternam com áreas orograficamente complexas e acidentadas. Isto dá origem a contrastes térmicos noturnos marcados, cujas diferenças térmicas verticais são de 13ºC entre áreas de lagos de ar frio ou cold air pools (CAP) e superfícies irregulares. Os contrastes térmicos são analisados através de 58 observatórios meteorológicos nas 50 manhãs com maior intensidade de inversão térmica nos últimos anos de observação (2011-2020). As características e as causas desencadeantes de tais processos são analisadas através da análise de variáveis que influenciam a distribuição das temperaturas mínimas (vento, humidade relativa, ...). Além disso, é apresentada uma técnica de análise de satélite de alta resolução, através da elaboração de termografias (distribuição de temperaturas de superfície) por meio do sensor ASTER, que complementam, do ponto de vista espacial, a distribuição de temperaturas mínimas nas primeiras horas das manhãs de ITN em alguns setores da área de estudo. Entre os resultados mais conclusivos, destacam-se diferenças térmicas notáveis durante madrugadas estáveis (diferenças médias de 7,1ºC e diferenças absolutas de 13ºC entre observatórios localizados em fundos de vales (CAP) e aqueles localizados em altitudes mais elevadas, em áreas orograficamente acidentadas), sob a influência de massas de ar quente e seco a um nível geopotencial de 850hPa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Ficheiros Adicionais

Publicado

2022-08-01

Como Citar

Espín Sanchez, D. (2022). Inversões térmicas noturnas com estrato quente nos níveis baixos da atmosfera: : contrastes térmicos significativos na Demarcação Hidrográfica do rio Segura (2011-2020). Finisterra, 57(120 (AOP). https://doi.org/10.18055/Finis24940

Edição

Secção

Artigos