Normas para Autores/as

Os autores/as devem utilizar o TEMPLATE da revista Finisterra.

 

TIPOS DE MANUSCRITOS

A Finisterra publica Artigos, Sínteses Bibliográficas, Atualizações Bibliográficas e Comentários de Autor/a.

Os manuscritos devem ser submetidos em suporte digital, numa versão recente do Microsoft Word. 

 

PÁGINA DE ROSTO

Todos os manuscritos são acompanhados obrigatoriamente da página de rosto.

Na Página de Rosto, o/a autor/a correspondente deve:

- Mencionar todos/as os/as autores/as do manuscrito pela ordem a aparecer na publicação;

- Ter em atenção aos nomes e apelidos que ficarão associados ao manuscrito;

- Apresentar a afiliação de cada autor/a, incluindo a posiçãoDepartamento/Centro de InvestigaçãoFaculdadeUniversidade, cidade, país, e e-mail institucional;

- O/a autor/a correspondente deve estar devidamente identificado e deve apresentar a sua morada institucional completa.

 

DIMENSÃO DOS MANUSCRITOS

Os artigos não devem exceder 35 000 caracteres com espaços, excluindo títulos, resumos, palavras-chave, bibliografia, figuras e quadros.

As sínteses bibliográficas não devem ultrapassar 15 000 caracteres com espaços. 

As atualizações bibliográficas e comentários de autor/a devem ter no máximo 10 000 caracteres com espaços. Estas tipologias não carecem de resumos.

 

FORMATAÇÃO DOS MANUSCRITOS

Todos os manuscritos devem ser formatados de acordo com o TEMPLATE disponibilizado pela Finisterra. Caso o manuscrito não seja submetido segundo o template, este não seguirá para revisão.

O corpo do texto deve seguir o tipo de letra Minion Pro, tamanho 10,5, sem espaçamento entre linhas.

 

TÍTULOS / RESUMOS / PALAVRAS-CHAVE

É obrigatória a apresentação de títulos, resumos e palavras-chave (máximo de 5) em português, inglês, francês e espanhol.

Os resumos devem apresentar cerca de 1 500 caracteres com espaços e não devem conter referências bibliográficas nem citações.

HIGHLIGHTS

Os highlights do manuscrito são obrigatórios. Consistem num pequeno número de pontos-chave que destaquem a relevância e inovação dos métodos e/ou dos resultados do estudo. Cada ponto não deve ter mais de 85 caracteres, com espaços, entre 3 e 5 pontos-chave.

FIGURAS

A palavra “figura” contempla os seguintes tipos de imagens: mapas, gráficos, desenhos, fotografias, infografias.

O título deve estar em duas línguas: língua original do manuscrito (português/espanhol/francês) e inglês, ou, caso a língua original do manuscrito seja inglês, em inglês e português). Deve ser conciso e exprimir o conteúdo da figura.

A fonte só deve ficar expressa se tiver havido recurso a autores/as que não os do texto.

Todas as figuras devem ser referidas no corpo do texto, usando a palavra “figura” se esta ficar no meio da frase, ou a abreviatura “fig.” caso se usem parêntesis [ex: (fig. 1)].

Para além de incluídas no corpo do texto, os/as autores/as deverão submeter todas as figuras em ficheiro individualizado, a cores e em tons de cinza (não exceder 5 MB; 30 MB para o conjunto das imagens), em formato .jpeg, .tiff, .bpm, .gif, .png, com uma resolução não inferior a 300 dpi. Cada ficheiro individualizado é identificado pelo apelido do/a primeiro/a autor/a, nº da figura e extensão (ex: Durão_fig.2. jpeg).

As figuras devem ter qualidade e legibilidade suficientes de forma a permitir redução para a mancha da revista (~A5). 

A publicação em papel da revista Finisterra é feita em tons de cinza, sendo que as figuras a cores apenas ficarão disponíveis online. Caso pretendam que as figuras do seu artigo sejam impressas a cores, os custos de impressão serão suportados pelos/as autores/as.

Normas cartográficas

Pode consultar as Normas Cartográficas da Finisterra e ver exemplos de figuras.

Pode aceder ao símbolo de Norte da Finisterra.

Cartografia não elaborada pelos/as autores/as deve apresentar a fonte após a legenda.

Gráficos

Todos os gráficos devem estar em formato editável no ficheiro Word do manuscrito ou ser enviados em ficheiro suplementar em Excel (ou outro formato).

Os gráficos devem identificar as unidades de medida nos eixos, evitar linhas no interior e não ter linha externa (caixa).

 

QUADROS

A formatação dos quadros contempla linhas horizontais, sem limites verticais exteriores, sendo permitidas linhas verticais internas. Os quadros devem ser simples e preferencialmente caber numa só página, evitando frases longas, números extensos e demasiadas casas decimais. 

Todos os quadros devem ser referidos no corpo do texto, usando a palavra “quadro”, no meio da frase ou entre parêntesis [ex: (quadro I)], seguida de sequência numérica romana.

Todos os quadros devem estar em formato editável no ficheiro Word do manuscrito (independentemente da autoria).

O título deve estar em duas línguas: língua original do manuscrito (português/espanhol/francês) e inglês, ou, caso a língua original do manuscrito seja inglês, em inglês e português. Deve ser conciso e exprimir o conteúdo do quadro. A fonte só deve ficar expressa, se tiver havido recurso a autores/as que não os do texto.

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

A formatação das referências bibliográficas deve cumprir todos os requisitos das Normas APA 7ª Edição (consultar Normas APA 6ª Ed. / Normas APA 7ª ed. (preliminar)).

As referências bibliográficas correspondem exclusivamente às obras referenciadas no manuscrito e devem ser inseridas no final do manuscrito, na secção “Referências Bibliográficas”.

As referências bibliográficas organizam-se por ordem alfabética. No caso de existirem diversas obras do/a mesmo/a autor/a, segue-se a ordem cronológica. Se existir mais do que uma obra do mesmo ano e autor/a, acrescentam-se ao ano as letras “a”, “b”, “c”, etc. (ex. 2020a).

Todos os títulos que não estejam em inglês devem ser traduzidos para esse idioma (a colocar entre parêntesis retos após o título original), exceptuando-se os documentos legais.

A Finisterra apoia a utilização de software de gestão bibliográfica (Mendeley, EndNote, entre outros). Porém, os/as autores/as devem certificar-se de que as suas referências bibliográficas incluem todos os elementos necessários e cumprem as normas da APA 7ª Edição.

 

NOTAS DE FIM DE TEXTO

As notas imprescindíveis (máximo de 10) terão sequência numérica romana e deverão ser incluídas no final do manuscrito como “notas de fim”.

Não são permitidas notas que sejam meras referências bibliográficas.