AS ESTRATÉGIAS DE ENFERMAGEM ADOTADAS PARA ULTRAPASSAR AS BARREIRAS CULTURAIS E LINGUÍSTICAS COM PESSOAS CULTURALMENTE DIVERSAS – Uma Scoping Review

  • Ana Margarida Gaspar Instituto Politécnico de Santarém
  • Carolina Brígida Branco Instituto Politécnico de Santarém
  • Catarina Filipa Pedro Instituto Politécnico de Santarém
  • Daniela Freitas Nunes Instituto Politécnico de Santarém
  • Nicole Sofia Alves Instituto Politécnico de Santarém
  • Alcinda Reis Instituto Politécnico de Santarém
Palavras-chave: Comunicação, Cuidados Culturalmente Congruentes, Cuidar Cultural, Diversidade Cultural, Enfermagem

Resumo

Introdução: Nos cuidados de saúde, as barreiras culturais e linguísticas, devem-se frequentemente à falta de conhecimento cultural, dos profissionais de enfermagem, perante as crenças e as relações das pessoas na dimensão social, espiritual, cultural e comunitária. Objetivo: Compreender quais as estratégias adotadas pelos enfermeiros para ultrapassar barreiras culturais e linguísticas, com pessoas culturalmente diversas. Método: Scoping Review, com base nos princípios preconizados pelo Joanna Briggs Institute (2017). As bases de dados para pesquisa foram Proquest e PubMed, com idioma Português, Inglês, Francês e Espanhol. Foi definido um período temporal de 5 anos, com pesquisa de conceitos-chave e vocabulário controlado. Resultados: Dois estudos foram incluídos nesta revisão, que evidenciam as intervenções dos enfermeiros durante a prestação de cuidados em diferentes países. Conclusão: As estratégias de intervenção dos enfermeiros, para ultrapassar as barreiras culturais e linguísticas, diferem na evidência encontrada nos dois estudos, havendo recomendações idênticas para melhoria nos cuidados de saúde.

Publicado
2020-04-12