ADAPTAÇÃO E VALIDAÇÃO DO INSTRUMENTO “PATIENT CENTERED-CARE” PARA A CULTURA PORTUGUESA

  • Regina Ferreira Instituto Politécnico de Santarém. Unidade de Monitorização de Indicadores em Saúde. Unidade de Investigação do Instituto Politécnico de Santarém.Portugal
  • José Amendoeira Instituto Politécnico de Santarém, Coordenador da Unidade de Monitorização de Indicadores em Saúde, Investigador da UI_IPS, Investigador integrado no CIIS_UCP, Investigador colaborador do CIEQV, Portugal
Palavras-chave: Centralidade dos cuidados, Cuidados de Enfermagem, Pessoa, Qualidade dos cuidados, Reprodutibilidade dos Testes

Resumo

Para responder aos desafios de um mundo em mudança e as inerentes necessidades e expetativas das pessoas é fundamental uma orientação efetiva dos serviços de saúde para as pessoas e, consequentemente, o recentrar da intervenção dos profissionais de saúde nas necessidades e possibilidades do beneficiário de cuidados. Objetivo: testar as propriedades psicométricas da versão em português do instrumento “Patient centered-care”. Método: estudo descritivo, analítico e transversal para a adaptação transcultural e com fins de validação das propriedades psicométricas. Resultados: participaram 236 enfermeiros de 2 Centros Hospitalares da Região de Lisboa e Vale do Tejo. Para a confiabilidade geral obteve-se um alfa de Cronbach .91 e a confirmação de análise que sustenta a estrutura em quatro dimensões. Conclusões: A qualidade de ajuste da análise confirmatória corrobora a validade da versão adaptada em contextos de cuidados hospitalares.

Publicado
2020-04-12