O ENFERMEIRO PROMOTOR DA SAÚDE SEXUAL E REPRODUTIVA NA ADOLESCÊNCIA: O CASO DO PLANEAMENTO FAMILIAR

  • Alexandra Godinho Instituto Politécnico de Santarém
  • Denose Mónica Florentino Instituto Politécnico de Santarém
  • Filipa Félix Violante Instituto Politécnico de Santarém
  • Hélia Dias Instituto Politécnico de Santarém
  • Emília Coutinho Instituto Politécnico de Viseu
Palavras-chave: Enfermagem, Saúde Reprodutiva, Saúde Sexual, Sexualidade, Planeamento Familiar

Resumo

Promover a saúde sexual e reprodutiva deve ser um dos objetivos das intervenções do enfermeiro especialista em enfermagem de saúde materna e obstétrica, em particular na atuação junto dos adolescentes. Para conhecer estas intervenções, foi realizada uma scoping review, tendo como questão: “Quais os cuidados de Enfermagem, no âmbito do planeamento familiar, que promovem a saúde sexual e reprodutiva dos adolescentes?”. Selecionados três artigos qualitativos, a partir da pesquisa em bases de dados eletrónicas. Os contributos dos artigos permitiram identificar os objetivos dos cuidados de enfermagem, no âmbito do planeamento familiar. Conclui-se ser unânime a intervenção do enfermeiro especialista na promoção de visões e vivências positivas da sexualidade; no aconselhamento e escolha de métodos contracetivos; nas estratégias de prevenção de gravidezes indesejadas e regulação da fecundidade; na prevenção de infeções de transmissão sexual e na promoção da saúde junto dos adolescentes, com recurso a consultas e sessões periódicas nas escolas.

Publicado
2020-04-12