A RELAÇÃO TERAPÊUTICA COM A PUÉRPERA, RECÉM-NASCIDO E FAMÍLIA EM CONTEXTO DE ALTA HOSPITALAR: UMA SCOPING REVIEW

Autores

  • Ana Catarina Oliveira Instituto Politécnico de Santarém
  • Ana Vicente Instituto Politécnico de Santarém
  • José Amendoeira Instituto Politécnico de Santarém https://orcid.org/0000-0002-4464-8517

DOI:

https://doi.org/10.25746/ruiips.v9.i1.24828

Palavras-chave:

Família; Promoção da saúde; Período pós-parto

Resumo

O nascimento de um filho constitui um momento de transição na vida da família, assim, torna-se importante compreender como o desenvolvimento de uma relação terapêutica eficaz entre o enfermeiro e a família pode capacitá-los para esta nova fase preparando-os para a alta hospitalar e para o futuro. O tema da presente scoping review, emergiu de narrativas académicas individuais, de onde se destacou o conceito de alta hospitalar. Assim, foi elaborada a questão “A relação terapêutica promove a preparação para a alta hospitalar da puérpera, recém-nascido e família?” com o objetivo de identificar como a relação terapêutica promove a preparação para a alta hospitalar da puérpera, recém-nascido e família.

Downloads

Publicado

2021-06-21