Funcionamento do cérebro: aprendizagem e mudança

Autores

DOI:

https://doi.org/10.25746/ruiips.v9.i2.26405

Palavras-chave:

mecanismos de aprendizagem, modo automático, modo executivo, quadro de referência

Resumo

Neste trabalho é apresentada uma síntese da revisão de alguma evidência científica recente sobre o funcionamento do cérebro e mecanismos de aprendizagem, sendo evidenciados alguns dos fatores facilitadores da aprendizagem. Muitos estudos na área das neurociências evidenciaram a existência de plasticidade sináptica, isto é, as sinapses de determinadas redes neuronais são reforçadas no processo de aprendizagem. A integração de dois modos de operação do cérebro (automático e executivo) e três mecanismos de aprendizagem (análise, tentativa-erro e recompensa) permitem construir e alterar o nosso quadro de referência interno (QRI), assim como consolidar novas informações na memória de longo prazo. Ambientes de aprendizagem ricos em estímulos sensoriais e emocionais podem ativar o sistema de aprendizagem por recompensa. Por outro lado, a construção de um QRI confiante de que competências e capacidades podem ser melhoradas, promove a alocação de atenção em tarefas que exijam mais esforço cognitivo. Finalmente, fatores como o exercício aeróbio podem também promover a aprendizagem através do aumento da capacidade de neurogénese.

Biografia Autor

Paula Pinto, Centro de Investigação em Qualidade de Vida

 

 

Capa: Funcionamento do cérebro: aprendizagem e mudança

Downloads

Publicado

2021-12-31