PODERÁ UM SISTEMA DE TRATAMENTO INTEGRADO - LEMNA E CO-DIGESTÃO ANAERÓBIA - CONSTITUIR UMA ESTRATÉGIA SUSTENTÁVEL PARA A GESTÃO DO CHORUME DE PORCO?

  • Raquel Ratz Instituto Superior de Agronomia, Linking Landscape, Environment, Agriculture and Food, Universidade de Lisboa Portugal
  • Rita Fragoso Instituto Superior de Agronomia, Linking Landscape, Environment, Agriculture and Food, Universidade de Lisboa Portugal
  • Margarida Oliveira Unidade de Investigação do Instituto Politécnico de Santarém, Linking Landscape, Environment, Agriculture and Food, Universidade de Lisboa Portugal
  • Maria Esquível Instituto Superior de Agronomia, Linking Landscape, Environment, Agriculture and Food, Universidade de Lisboa Portugal
  • Elizabeth Duarte Instituto Superior de Agronomia, Linking Landscape, Environment, Agriculture and Food, Universidade de Lisboa Portugal
Palavras-chave: Bioenergia, chorume, digestão anaeróbia, macrófitas, tratamento de efluentes.

Resumo

A produção suinícola é uma atividade económica de grande importância, mas que tem um impacte ambiental elevado, devido às emissões de gases com efeito de estufa e também à poluição associada ao chorume produzido. Como forma de minimizar esses impactes é importante o desenvolvimento de modelos de gestão assentes em novas tecnologias eficientes e de baixo custo. A co-digestão anaeróbia tem tido um papel relevante como tecnologia de bioconversão, combinando as potencialidades de dois ou mais substratos com diferentes características, no âmbito de uma bioenergia sustentável. O objetivo deste estudo é avaliar o desempenho de um sistema de tratamento e valorização de chorumes suinícolas, em co-digestão com macrófitas, como processo integrado de bioconversão. Numa primeira etapa pretende-se estudar a cinética de crescimento de Lemna minor na fração líquida do chorume, rica em macro e micronutrientes, em distintas condições operacionais, de modo a potenciar a acumulação de amido e/ou de lípidos. Esta biomassa enriquecida será utilizada numa segunda etapa, co-digestão anaeróbia, através da seleção de vários substratos, atendendo aos fatores endógenos de cada região, com vista a maximizar a produção de Bio-CH4. Os resultados esperados poderão servir de suporte à elaboração de uma análise de sustentabilidade ambiental da cadeia de produção suinícola.

 

Publicado
2019-07-15